Benedito Pretinho, oia as onda do mar!

Resgate de Luciano Hortencio

 

Meu barco é veleiro

Das onda do mar.

 

Cuma me lembro da casinha de Olinda

A lua nas noite linda, tomando banho de mar, Iaiá.

 

Meu barco é veleiro

Das onda do mar.

 

Rede maneira pendurada no terraço

Pra nos dia de mormaço a gente s’imbalançá, Iaiá.

 

Meu barco é veleiro

Das onda do mar.

 

E se à tarde, quando a noite pestaneja

Sino do Carmo na igreja fazendo a gente chorá, Iaiá.

 

Meu barco é veleiro

Das onda do mar.

 

Benedito Pretinho, oia as onda do mar, lê. lê, ô,

Oia as onda do mar.

Ele vai, ele vem, ele torna a voltar, lê, lê, ô,

Oia as onda do mar.

 

Eu vou-me embora dessa terra desgraçada

Onde a gente não tem nada pra comer nem pra gozar.

Na minha terra tudo muda de figura

Tem farinha e rapadura, tem viola pra tocar.

 

Benedito Pretinho, oia as onda do mar, lê. lê, ô,

Oia as onda do mar.

Ele vai, ele vem, ele torna a voltar, lê, lê, ô,

Oia as onda do mar.

 

Tem Mariquinha, tem Chiquinha, tem Tereza

Tem também cuscuz na mesa, bolo de mio e fubá.

Tem sabiá cantando solta no terreiro,

Tem o Chico Carpinteiro pro meu cavalo arriar.

 

Benedito Pretinho, oia as onda do mar, lê. lê, ô,

Oia as onda do mar.

Ele vai, ele vem, ele torna a voltar, lê, lê, ô,

Oia as onda do mar.

 

https://www.youtube.com/watch?v=o0z3AfJf2m4]

[video:https://www.youtube.com/watch?v=jLfQTdW38Tw

 

Arquivo Nirez

http://qualdelas.com.br

https://www.youtube.com/user/lucianohortencio
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. (Que eu saiba, o primeiro

    (Que eu saiba, o primeiro -lindissimo- album de Ana Salvagni foi publicado aqui no blog primeiro, Luciano.  Isso foi ha 4 computadores atraz, infelizmente, e os arquivos estao perdidos)

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome