Carnaval: “A lira do delírio”

Enviado por Jair Fonseca

Um dos melhores filmes brasileiros que se inspira no carnaval é A Lira do Delírio, de Walter Lima Júnior, 1978, que mistura uma rocambolesca história policial a documentário sobre o carnaval. Segue uma das mais belas cenas de beijo do cinema, com Anecy Rocha e Nara Leão, ao som de “Malandrinha”, de Freire Júnior, com Martinho da Vila. Esse foi o último filme da bela e ótima atriz, irmã de Glauber, tragicamente morta ao cair no poço de um elevador, quando o filme estava sendo realizado, em 1977.

https://www.youtube.com/watch?v=FUIDJBaNq0g width:700 height:394

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Rodado em Niterói

    “Li que o filme foi realizado em 2 etapas: Na primeira, rodada em 16mm no carnaval de Niterói (minha terra) de 1973, os atores envolveram-se em episódios reais de violência nas ruas. Na segunda, três anos mais tarde, improvisaram boa parte da história policial de sequestro e assassinato, usando seus próprios nomes e o temperamento pessoal de cada um. Esses dois tempos articulam-se livremente, mesclando memória, sonho e imaginação. 

    O trágico desaparecimento da atriz Anecy Rocha antes da montagem adicionou outra camada de significados a uma história que já tematizava a fantasia e a morte. O filme tornou-se, então, uma homenagem póstuma a sua estrela, flagrando-a no momento mais intenso de sua carreira.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome