Ganhadora de Oscar em 1964, Patricia Neal morre aos 84 anos

Redação central – Patricia Neal, a atriz de voz rouca e sedutora que ganhou Oscar em 1964 por seu trabalho no filme “O Indomado” (1963), morreu no domingo aos 84 anos vítima de câncer pulmonar, segundo publicaram hoje vários meios de imprensa americanos.

À esquerda, Patricia Neal participa de entrevista nos EUA, em 2008; à direita, imagem da atriz em 1940

À esquerda, Patricia Neal participa de entrevista nos EUA, em 2008; à direita, imagem da atriz em 1940

A morte da atriz ocorreu em sua casa, em Edgartown, Massachusetts – no nordeste dos Estados Unidos – e o anuncio foi feito por Edward S. Albers, amigo próximo da atriz.

A vida de Patricia Neal foi sempre de altos e baixos, passou do ápice da carreira ao ganhar a estatueta da Academia para três semanas internada em coma devido a três derrames em 1965.

Patsy Lou Neal, nome real da artista, nasceu em 20 de janeiro de 1926 em Packard Kentucky – ao nordeste dos Estados Unidos – e desde menina manifestou vontade de ser atriz.

Sua carreira no cinema começou em 1949, quando fez junto a Ronald Reagan – quem anos mais tarde se transformaria no presidente dos Estados Unidos – o filme “Cupido faz das suas”.

Depois de um romance com Gary Moore, ela casou-se com o escritor Roald Dahl, com quem ficou casada por 30 anos e teve cinco filhos.

Olivia, sua filha mais velha, morreu em 1962 aos sete anos de encefalite, após não receber tratamento adequado para sarampo. Dois anos antes, seu filho Theo, de quatro meses, sofreu um dano cerebral ao ter o carrinho onde dormia atingido por um táxi e um ônibus em Nova York.

 

 

 

http://cinema.uol.com.br/ultnot/efe/2010/08/09/ganhadora-de-oscar-em-1964-patricia-neal-morre-aos-84-anos.jhtm

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome