MinC planeja plataforma online com produções nacionais

Enviado por Gão

Do Diário de S. Paulo

Ministério da Cultura planeja ‘Netflix Nacional’

Nova plataforma online contará com produções nacionais e deve ser lançada em 2016

O ministro da cultura, Juca Ferreira, planeja elaborar uma nova plataforma de filmes que se pareça com o serviço oferecido pelo Netflix – plataforma de conteúdo audiovisual online por assinatura. A ideia é de que o site só conte com produções nacionais e seja lançado em 2016 pelo Ministério da Cultura. 

Ainda não há definições sobre como a plataforma será elaborada, se contará com o incentivo da iniciativa privada ou se será desenvolvida exclusivamente pelo setor público. 

O projeto está sendo elaborado em conjunto com a Telebrás, Telecomunicações Brasileiras S. A. Além deste, o ministro também tem como meta estimular a produção nacional audiovisual na área infantil, conteúdo que geralmente é importado.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. E eu achando que o ministerio

    E eu achando que o ministerio da cultura ja estava extinto. 

    A Globo deve estar feliz, o ministro vai “elaborar uma plataforma” para mais um canal de exibição de sua produção.

    Pobre pais, tão rico em cultura, que mingua desamparada, enquanto o ministerio consagra com medalha de “Merito Cultural”, nada mais nada menos, que  Regina Case, aquela mesmo do tal “Esquenta” da Globo.

  2. Brincadeira né?

    Enquanto isso a maior instituição de guarda do patrimônio audiovisual brasileiro sob a asa do MinC, a Cinemateca Brasileira, mingua a olhos vistos. Sem poder cumprir de forma digna a sua missão, a CB segue plenamente o curso da inanição implementado pelo MinC da Marta, e continuado com o devido louvor pelo MinC do Juca.

    É vergonhoso e temerário o grau de desdém e desconhecimento do Governo Federal com parte significativa da própria memória audiovisual do nosso país…

    Mas aí é cobrar demais desse ministério/governo o mínimo cuidado com o nosso tão frágil passado/memória audovisual, já que nem se comunicar com o próprio presente é capaz.

    Ao invés de cumprirem com suas obrigações de fato, a conclusão que se chega é que o MinC tá cheio de “espertos”, que tentam dar o pulo do gato com invencionices, sempre copiando o modelo estrangeiro hegemônico e pasteurizado.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome