Muita informação e pouca reflexão, por Bemvindo Sequeira

Sugerido por Jackson da Viola

https://www.youtube.com/watch?v=XoV7xpPwGGM width:700 height:394

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ivan de Union

- 2017-12-02 20:07:06

Brilhante!  Vi ontem, deixei

Brilhante!  Vi ontem, deixei comentario pessoalissimo la, Jackson, vale a pena repetir?

Entao ta, obrigado...

*******

Esse cara eh bom demais e faz comentarios sabios nesse video!  Quem eh Benvindo Sequeira???

Eu sou meio vacinado contra o problema que ele esta descrevendo:  por nao gostar de propagandas eu me treinei a nao ver televisao desde crianca ("esforco" nao foi), e tambem a nao as ler em revista ou site nenhum.  Sou capaz de visitar 100 sites direto sem saber o conteudo de sequer uma propaganda -eu as chamo de "quadradinhos", alias.  Nao eh nem que eu nao olho, eu simplesmente nao os vejo.  Quanto a tv, nao assisto 5 minutos por ano(!).  Nem isso.

Parece me, agora que eu estou pensando no assunto, que eu ja me adaptei a fazer isso com assuntos diversos tambem.  No fim das contas, eh tudo uma serie de quadradinhos pra mim, todo mundo fazendo uma propaganda de alguma coisa, e eu sou imune a todas, sem excessao.  Suponho que essa eh a razao que eu igualmente sou mais ou menos imune a movimentos de manadas.

*******

Adicionando agora, in re ultimas sentencas, e mais uma vez, so porque ele me fez contemplar:  nao faco "reflexoes" tampouco!  So faltava!  Eu sou contemplativo por natureza.  O que eu faco nao eh "remoer" assunto na minha cabeca, eh NAO remoer o assunto na cabeca!  O assunto ta la, eu sei que ele ta la, o assunto sabe que eu estou la, nao tou com pressa nenhuma, nao tenho urgencia nenhuma, o assunto nada tem a me induzir, e ate por questao doutrinario tenho certeza absoluta que o assunto vai chegar ao lugar certo na minha cabeca.

Essa talvez seja a razao que -mais frequentemente do que eu gosto de admitir- quando eu tenho uma coisa pra falar ela me aparece inteira na cabeca, sem esforco nenhum, mas ai ja passamos pro que eh considerado "mediunidade" hoje em dia, nao eh mesmo?  Ai fica no ar que eu tava pensando no assunto com grande  esforco e nao o deixando flutuar na cabeca, nao eh?  Nao eh isso que todo mundo pensa a respeito do que eu escrevo?  Pois eh:  quando eu acerto...  nao houve esforco nenhum, muito pelo contrario.

O nome disso eh "humildade como posicao tecnica".

Uma hora eu vou escrever um tratado inteiro sobre "Humildade Como Posicao Tecnica"!

Eh que eu sou tao bonzinho...

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador