No dia 23 de abril, lançamento da biografia de Walther Moreira Salles

Moreira Salles foi o mais internacional dos empresários do seu tempo. Da pequena Poços de Caldas seguiu para o Rio de Janeiro e, de lá, para o mundo

No dia 23 de abril próximo, dia do descobrimento do Brasil, estarei lançando o livro “Walther Moreira Salles – o banqueiro embaixador e a construção do Brasil”.

Moreira Salles foi o mais internacional dos empresários do seu tempo. Da pequena Poços de Caldas seguiu para o Rio de Janeiro e, de lá, para o mundo. Montou uma rede de relacionamentos que lhe permitiu partilhar da cúpula do poder mundial, na fase final do chamado capitalismo de família.

Mais do que o personagem fascinante, a parte relevante do livro é descrever um período em que o Brasil tinha rumo. Do lado do mercado, com Roberto Campos e Octávio Gouvea de Bulhões, dos desenvolvimentista, com Rômulo de Almeida e Celso Furtado, os grupos empresariais, os Jafet, Klabin, Matarazzo, e, principalmente, dois presidentes visionários, Getúlio Vargas e Juscelino Kubitscheck, todos jogavam em direção ao gol, e em torno do ambiente criativo do Rio de Janeiro, em sua fase mais brilhante.

Mesmo com as crises políticas sucessivas, o país jogava para frente.

Principalmente, Walther Moreira Salles mostrava o papel essencial do financismo virtuoso em períodos de grandes transformações tecnológicas. É a pessoa que acumula recursos e investe em novos setores que estão surgindo, uma visão oposta ao do financismo atual, que se esgota na mera acumulação de riqueza.

O lançamento será a partir das 18:30 na Livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista 509.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Maria Luisa

- 2019-04-03 12:21:23

Parabéns Luis Nassif pela biografia esperada e em momento de grande desassossego nacional e internacional. Qual rumo o mundo vai tomar nos proximos anos? Saiu a pouco na França o livro do filosofo Michael Foessel "Récidive, 1938", no que o professor de filosofia se volta para os anos 30, especialmente 1938 ultimo ano do Front Popular a frente do governo francês para compreender os tempos atuais. A medida em que se avança na leitura, impossivel não sentir arrepios, pois todos os elementos que levaram ao fasci-nazismo e a governos totalitaristas na Europa estão novamente presentes na atualiadade. Se a historia não se repete examente como se passou, fatos mostram que tendências vão e vêm. Principalmente quando as populações se sentem ameaçadas. O Front Popular dos anos 30 na França se assemelha ao PT do Brasil anos 2000. Um forte abraço.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador