Poeta virtual

ediora? q editora? seja maldito, seja um poeta virtual:

POETA VIRTUAL

condenação hedônica:

a gosma da tinta
na carne do papel
poeta virtual
é poeta virgem
que ninguém respeita
neste mundo hedonista

condenação cristã:

moça tem que casar
poeta que publicar
sangue no lençol
mancha no papel
a vida tem que viver
pra deus purificar
a marca do pecado
deixa a vida na mão
jogando a vida em vão
nas redes da ilusão

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome