Rumo à reforma política

Por Edemar Melo

 

Nassif, nesta terça-feira, 22, foi instalada a Comissão do Senado presidida pelo senador do PP do Rio Francisco Dornelles, para discutir a reforma política. Assim, antecipo e apresento em forma de versos, minhas reflexões sobre o assunto:

RUMO A REFORMA POLÍTICA

A tal reforma política

Parece que agora vai

Tá todo mundo falando

Já tem até mãe e pai

Tá faltando começar

Pra gente poder falar

Se agora sai ou não sai.

 

Não é a primeira vez

Que a reforma é pautada

Por isso torço e espero

Que seja em breve votada

Se mexer muito o angu

É capaz de dar chabu

E ser de novo abortada.

 

A discussão traz no bojo

Para o sistema atual

Alternativas concretas

Como o “voto distrital”

Vinculando o deputado

Ao local que foi votado

No distrito eleitoral.

 

Outra discussão em voga

Chama-se “lista fechada”

Onde a opção de voto

Fica muito limitada  

E o voto do eleitor

No Partido provedor

Vai definir a bancada.

 

É bom que a reforma acabe

Com doações de empresa

Onde a pessoa jurídica

Paga parte da despesa

Mas depois da eleição

Com o candidato na mão

Quer comer na mesma mesa.

 

Vai entrar em discussão

Eleição pra deputado

Com voto majoritário

Sendo eleito o mais votado

Isso evita na política

O fenômeno Tiririca

Que elegeu um bocado.

 

Eu vejo com otimismo

A discussão sobre o tema

Mas a reforma precisa

Mexer em outros problemas

Como o político infiel

O Partido de aluguel

E o voto de legenda.

 

              Edmar Melo….

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora