Versejando sobre a mulher

Por Edmar Melo

Nassif, nessa terça-feira, 08, é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Assim, dedico meu trivial de hoje a todas as mulheres do mundo. E vai no verso:

 

VERSANDO SOBRE A MULHER.

 

Há quem diga que a forma

De se tratar uma mulher

É intercalando um coice

Entre um beijo e um cafuné

Tem gente que até aposta

Que é assim que ela gosta

Que é isso o que ela quer.

 

E quem defende essa tese

Aconselha sopesar

O ato de dizer “sim”

Com o ato de negar

Manda encurtar a coleira

Não ouvir muita besteira

E nas discussões calar.

 

E recomenda pro homem

Vacilou não reconheça

Negue até sob tortura

Não ponha as mãos na cabeça

Deixe a dúvida prosperar

Não tente se desculpar

Nem peça que ela esqueça

 

Ainda diz que a mulher

Quer somente ter razão

Então dê razão a ela

E acabe com a discussão

Importante é ser feliz

Seja o seu próprio juiz

Mas sem auto-acusação.

 

Quem pensa dessa maneira

Pra mim é maquiavelista

Quero dizer as mulheres

Que não me incluo nessa lista

Mas como homem e poeta

Vou dar a forma mais certa

Sob o meu ponto de vista.

Sou viciado em mulher

Usuário e dependente

Um pouco de puro e besta

Com tendência a inocente

O que mulher me pedir

Eu faço sem discutir

Senão eu fico doente.

 

Sei que Dado Dolabela

Juntamente com Netinho

Não são exemplos perfeitos

De quem cuida com carinho

Mas a Lei Maria da Penha

Já mandou pros dois a senha

Que flor também tem espinho.

 

Quero deixar registrado

Você mulher não esqueça

Não trato mal uma mulher

Nem que a megera mereça

Mulher sempre foi minha praia

E por um rabo-de-saia

Eu perco até a cabeça.

 

             Edmar Melo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora