Trivial distraído

Por Renata Nassif

LN sempre foi meio avoado. Ele conta que uma das primeiras comunicações da escola para seus pais elogiava seu comportamento e suas notas, com um adendo “continua distraído como um sábio”.

Esses dias, me disse que seu telefone celular estaria grampeado, porque a secretária não conseguia fazer ligações e, quando conseguia, outra pessoa atendia. Pensei cá com meus botões: que grampeador distraído, atendendo o telefonema do grampeado! Hoje estava um tumulto no escritório, todos atrás de LN e um tal de Francisco teimava em atender o telefone dele, LN. Me pediram para tentar, LN atendeu normalmente. Já falaram em clone, em boicote, aquelas coisas. Calejada com esse distraído, fui verificar e é lógico que ele havia passado o número errado para a secretária, que passou para o motorista e diversos outros contatos de LN. Coitado do Francisco! Vai ficar atendendo telefonema para um tal de Nassif por um bom tempo! Pensei em ligar para ele e pedir que fizesse a gentileza de dar às pessoas o número certo, haha, mas achei que podia ser um pouco de abuso

E, com vocês, um pouco de Clarice Lispector contando como, às vezes, a distração é essencial na vida.

POR NÃO ESTAREM DISTRAÍDOS

Havia a levíssima embriaguez de andarem juntos, a alegria como quando se sente a garganta um pouco seca e se vê que por admiração se estava de boca entreaberta: eles respiravam de antemão o ar que estava à frente, e ter esta sede era a própria água deles. Andavam por ruas e ruas falando e rindo, falavam e riam para dar matéria peso à levíssima embriaguez que era a alegria da sede deles. Por causa de carros e pessoas, às vezes eles se tocavam, e ao toque – a sede é a graça, mas as águas são uma beleza de escuras – e ao toque brilhava o brilho da água deles, a boca ficando um pouco mais seca de admiração. Como eles admiravam estarem juntos! Até que tudo se transformou em não. Tudo se transformou em não quando eles quiseram essa mesma alegria deles. Então a grande dança dos erros. O cerimonial das palavras desacertadas. Ele procurava e não via, ela não via que ele não vira, ela que, estava ali, no entanto. No entanto ele que estava ali. Tudo errou, e havia a grande poeira das ruas, e quanto mais erravam, mais com aspereza queriam, sem um sorriso. Tudo só porque tinham prestado atenção, só porque não estavam bastante distraídos. Só porque, de súbito exigentes e duros, quiseram ter o que já tinham. Tudo porque quiseram dar um nome; porque quiseram ser, eles que eram. Foram então aprender que, não se estando distraído, o telefone não toca, e é preciso sair de casa para que a carta chegue, e quando o telefone finalmente toca, o deserto da espera já cortou os fios. Tudo, tudo por não estarem mais distraídos.

Comentário

No aeroporto, ontem, terminei o café, levantei da mesa e fui em direção ao portão de embarque. Uma mocinha muito simpática bateu no meu ombro: o senhor esqueceu uma coisa na mesa. Era minha mala, aquele objeto grande, maior do que carteira, pasta de computador.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

36 comentários

  1. DA PÁGINA 10 DE Zero Hora de
    DA PÁGINA 10 DE Zero Hora de 17/02

    Luciano Feldens, procurador da República desde 1997 e que atuava desde 2003 perante a 1ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre, especializada em crimes contra o sistema financeiro e de lavagem de dinheiro, exonerou-se no mês passado para atuar na advocacia privada. Vai ser sócio do escritório de Andrei Schmidt, que defende o banqueiro Daniel Dantas.

    http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=151594&blog=218&coldir=1&topo=3951.dwt

  2. ESSE escrito é genial.
    ESSE escrito é genial.

    atentem pra cada detalhe.

    Não tenho a menor idéia porque não deu relevância..

    Leiam isto com vagar:

    tem isso de estar sozinha na chuva de verão, na chuva contínua, na falta continuada, na continuação da saudade. tem isso de ficar em silêncio até imaginar que dedos rasgam a parede, vermelho tingindo o branco, o gesso, o teto. também tem aqueles momentos ocupados, dias populados, que é para esquecer de todo o resto, da noite insone, dos pensamentos atormentados, da cama vazia, dos braços em arco — vazios. depois, tem a carta que não escrevo, um livro que nunca acaba, aquele filme interrompido no meio da cena de amor, tem a música que me assombra, que se repete, hipnótica, em minha cabeça, no silêncio das madrugadas em que todos dormem, quando meus olhos pairam, espectrais, dois buracos cavados no meu rosto pálido. então, tem aquela hora em que eu quase consigo dormir, mas desperto de repente porque ouço você chegar, a chave na porta, seus passos… e então abro os olhos e é nada, é só eu sozinha na chuva de verão, na casa vazia, eu com os braços de abraço, à espera.”””

    Pelo conjundo da obra Clarice Lispector foi maior.Sem dúvida alguma.Evidente que foi.E isso não está em discussão.E nem poderia.

    Mas não tenho medo de dizer que alguns escritos de Clarice Lispector foram melhores do que este que mencionei.

    Tbm é evidente dizer que não comparação.Nem a mais leve que seja.Mas há escritos ,como este, que superam outros menos inspirados de Clarice Lispector .

    Aasim como a escrevente desta magistral …( como chamar? conto? diário?) não acerta todaS.

    mas essa escrita é campeã.

    Não é tido que tudo ela esceve que gosto.

    MAS confiram e deem um parecer.

    está aqui:

    http://versoeprosa.wordpress.com/

  3. Fora de pauta, mas dentro do
    Fora de pauta, mas dentro do interesse de todos. Postado pela ótima CAFU:
    Vamos à luta pelo cancelamento da cobrança da assinatura mensal da linha telefônica fixa: R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)

    SERÁ VOTADO EM MARÇO…VAMOS LÁ PESSOAL…
    Dê o seu apoio a este projeto de Lei. A união faz a força.
    COMO PROCEDER: Ligue 0800-619619 . Ouça o menu, aperte 1 e espere para falar com uma atendente. Diga que é para apoiar o projeto de cancelamento da taxa de telefone fixo.
    O Projeto de Lei é o de n.º 5476/2001.
    Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso.
    Então nós é que temos de correr atrás, afinal quem paga a conta somos nós!
    O telefone a ser discado (0800-619619, de segunda à sexta-feira das 08 às 20h00) é da Câmara dos Deputados (Federal).
    Passe adiante esta mensagem para o maior número possível de pessoas.
    Entrando em vigor esta lei, você só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal. Este projeto está tramitando na ‘COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR’, na Câmara.
    Quantos mais ligarem, maior a chance.
    O BRASIL AGRADECE!
    Não adianta a gente ficar só reclamando.
    Quando podemos, devemos tomar alguma atitude…
    Divulgue essa mensagem entre os seus contatos!

  4. Dar o número errado do
    Dar o número errado do próprio telefone?
    ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha

    Oscar Distraído do Ano!
    Domingo no Teatro Kodak nos istaites, façavor Sr Luis de comparacer
    prá pegar a estatueta.

    Ha ha ha ha aha ha ha ah ha
    Nossa , até chorei de tanto rir.

  5. Anarquista, taí, concordo com
    Anarquista, taí, concordo com você. a prata da casa tem coisas muito inspiradas para nos acalentar. seu destaque é um destes momentos.

    mas fico pensando na síndrome de argerico… ele, lendo isto, vai achar belo esquecer o cavaquinho (veja só: o cavaquinho,prá tocar aquele chorinho que, sei, você ama). a ruiva dá munição e depois reclama…

    mas pensando bem, estes poetas enaltecem o desvio só para buscar inspiração.

  6. E que tal esta notícia?
    Por
    E que tal esta notícia?
    Por unanimidade, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou nesta terça-feira o mandato do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e seu vice, José Lacerda Neto (DEM). Os ministros julgaram e rejeitaram sete embargos declaratórios ajuizados por partidos que apoiam o governador tucano.

    Os ministros do TSE reiteraram que o segundo colocado nas eleições, o senador José Maranhão (PMDB), deverá assumir o governo da Paraíba. Cunha Lima terá que deixar o cargo imediatamente, tão logo a decisão seja comunicada ao TRE. Ele ainda pode recorrer ao STF… (ah, tá bom…)

    tem momentos que parece que o Brasil tem jeito…

  7. Nassif

    Deu entrada hoje no
    Nassif

    Deu entrada hoje no STF mandado de Segurança contra a nomeação do Paulo Lacerda como adido em Portugal.

    Notícias STF
    Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

    Sindicato de delegados contesta nomeação de Lacerda para cargo público em Portugal

    O Sindicato de Polícia Federal no Distrito Federal impetrou Mandado de Segurança (MS 27885) contra a nomeação de Paulo Fernando da Costa Lacerda à função de adido na embaixada do Brasil em Portugal, ocorrida no dia 29 de dezembro de 2008. O processo foi distribuído para a relatoria da ministra Ellen Gracie.

    A entidade alega que a escolha dos adidos policiais na época da designação de Lacerda era regulamentada pela Instrução Normativa do DPF IN-001/05. Segundo a norma, o diretor-geral do Departamento de Policia Federal (DPF) deveria apresentar uma lista de nomes de delegados indicados ao ministro da Justiça e, posteriormente, a escolha seria feita pelo próprio presidente da República. A instrução também vedava indicar servidores que estiveram à disposição de outras instituições nos doze meses anteriores à elaboração da lista. O Sindicato argumenta que “se há um documento normativo para escolha de adido policial, inexiste a possibilidade de livre nomeação para o cargo”.

    Sem que houvesse a lista, o presidente Lula escolheu Paulo Lacerda – ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) – para ocupar o cargo por meio de decreto e sem levar em conta a IN, que exigia o processo seletivo.

    No mandado, a designação de Paulo Lacerda também é questionada porque ele foi colocado no cargo pelo presidente da República um dia antes de o próprio cargo ser criado – o que aconteceu apenas no dia 30 de dezembro, ou seja, um dia depois da sua nomeação. “Ao arrepio da legislação vigente à época o senhor Paulo Lacerda foi previamente designado para um cargo inexistente, mediante um decreto”, diz o texto do MS.

    O documento pede a suspensão e anulação do ato do presidente Lula que designou Lacerda para o cargo sob o argumento de que teria sido “ilegal e abusivo” e que ofende o direito líquido e certo dos delegados da polícia federal de participarem do processo seletivo. No pedido de liminar, justifica-se urgência da decisão pelo o risco de lesão aos cofres públicos uma vez que em breve o Estado financiará a mudança de Lacerda para Portugal.

    O delegado foi aposentado pelo DPF há mais de dez anos, complementa o sindicato.

    MG/LF

    Processos relacionados
    MS 27885

  8. É brincadeira o que essas
    É brincadeira o que essas montadoras querem. Demitem milhares e ainda querem dinheiro do governo para continuar existindo… E a “Sargento” Motors quer praticamente que o Governo assuma todo o seu prejuízo…

    http://noticias.uol.com.br/ultnot/2009/02/17/ult1767u140440.jhtm

    A Chrysler solicitou US$ 5 bilhões de ajuda a Washington, US$ 2 bilhões a mais que o valor inicial, no plano de reestruturação que apresentou hoje ao Departamento do Tesouro dos Estados Unidos. Em nota na qual também anuncia a demissão de três mil funcionários, a Chrysler atribuiu a solicitação dos US$ 2 bilhões adicionais à queda “sem precedentes” das vendas do setor automotivo.

    http://noticias.uol.com.br/ultnot/2009/02/17/ult35u67398.jhtm

    A empresa General Motors poderá pedir 30 bilhões de dólares em ajuda pública até 2011 para poder dar continuidade à sua reestruturação, para fugir da concordata, informou a GM nesta terça-feira ao Tesouro americano. De acordo com a notícia, a GM também quer reduzir seus efetivos em todo o mundo em 47.000 empregados ainda este ano.

  9. Distraído sou eu.
    Ao sair de
    Distraído sou eu.
    Ao sair de casa para o trabalho: Pegava a minha bolsa com os cadernos e livros da faculdade. Pegava o saco de lixo, descia as escadas e o deixava na calçada. Andava um quarteirão e tomava o ônibus. Certo dia, não haveria aula e não me esqueci de que não precisava levar a bolsa. Desci as escadas e entrei no ônibus portando o saco de lixo.

  10. LUZETE:
    LUZETE:

    Cavaquinho?Argerico?

    até acho que de Argerico todos temos um pouco.Porque é inerente.

    MAs chorinho e cavaquinho é opção.

    SEM PERDÃO.

    abraços!!!

    Além do cavaquinho, as noitadas do Baretto, antes, do Plano e daquele da Cidade Jardim, tendo de pedir silêncio toda hora para os amigos do Anarca.

  11. Aliás, maravilhoso o texto da
    Aliás, maravilhoso o texto da Clarice Lispector. Parabéns. Eu até tinha pensado em sugerir que se colocasse em um dia certo da semana um texto, ou um poema, ou mesmo citações, enviados pelos leitores de tal a tal horário pela manhã, e você fizesse uma escolha do mais adequado, para publicar no blog, como forma de propiciar também um intercâmbio literário entre os leitores. Mas tendo visto algumas postagens suas, senti-me amplamente satisfeito nas minhas expectativas. Abraço, Marco.

  12. JULIETA:

    “‘
    JULIETA:

    “‘ Os distraidos são cronópios…””

    E lá vou eu pro dicionário.

    ou vc acha que eu sei o que significa CRONÓPIOS?

    obrigado por aprender mais uma palavra do nosso vasto dicionário.

    Veja vc como são as coisas:

    Uma jovem me perguntou qual a diferença de redundãncia e pleonasmo.Antes que conseguisse tentar responder, acrescentou:

    E tbm quero saber a diferença entre nostalgia e melancolia.

    Essa juventude não é fraca, não.

    Abraços!!

  13. Helô, quero conhecer sim. Rir
    Helô, quero conhecer sim. Rir é tão bom, faz bem prá alma da gente.

    Falando nisso, em quem apostamos para os prêmios do Oscar, aqui no blog?
    Meu voto de melhor ator vai para o Brad Pitt (o verdadeiro, ha ha) sem dúvida. O Benjamin Button dele é uma coisa do outro mundo.
    E claro, melhor atriz não é a mulher dele não, é a Meryl Streep pela religiosa que ela faz em “A Dúvida”. O que é aquela mulher fazendo aquela freira!!! Santa Maria Madalena!

  14. estou escrevendo e ouvindo a
    estou escrevendo e ouvindo a TV.

    Chapado como sempre, é evidente.

    Não escrevo de ”cara limpa”’

    E aí ouço o seguinte:

    Não percam tal programa em tal horário( não prestei atenção, mas sei que é no canal 41 da net)

    E o assunto digno de registro e ”chamada”?

    BEIJO NA TESTA É O FIM DO CASAMENTO?

    Não percam,hein?

    minha OPINIÃO:

    Beijo na testa, só depois de outros beijos em locais não publicáveis.

    caso contrário é o fim mesmo.

  15. Heródoto Barbeiro é um dos
    Heródoto Barbeiro é um dos cotados para apresentar o Roda Viva?

    Ele deveria ser reconduzido ao posto de âncora do Jornal da Cultura. Markun o tirou, percebeu a besteira que fez e o reconduziu manietado, como se fosse um apresentador a mais. Markun não irá colocar ninguém que possa lhe fazer sombra. É da natureza dele.

  16. Mais uma jogada no tabuleiro
    Mais uma jogada no tabuleiro da eleição de 2010: depois da prensa do Aécio, Serra (num jantar com FHC e Sergio Guerra) aceitou disputar prévias com ele. Isso vai acabar num acordo com o mineiro de Vice e o seu Jarbas vai para o penico. Duvido que o PMDB deixe a Dilma de lado. A crise inventada esta dando sinais de extinção. A Renault recontratou quase todos os demitidos, Botis Casoy agora diz que a crise deve ser menor do que se esperava (ele esperava, né, cara-pálida).

  17. Depois de ler Ruiva e
    Depois de ler Ruiva e Clarice, e depois de muito sonhar acordado – de

    modo semelhante ao de um certo senhor Argerico , que vive nas nuvens

    porém tenta e tenta amarrar os pés nesta realidade que nos circunda para

    nos ajudar a entendê-la, – volto ao real (porque aqui é o trivial) para dizer

    ao prezado companheiro Mario Abramo o seguinte:

    pois, se é verdade que aquele senhor tem mesmo um mestrado e um

    doutorado, porque raios não disponibiliza sua dissertação e sua tese para

    a gente ler???

    FHC, de saudosa memória, foi muito além disso, como todos sabemos:

    deixou para lermos não só seus textos grandes como também seus

    textículos, nos quais testificou a dependência do Brasil e da América

    Latina. Veja bem, Dom Pedro I bradou “Independência ou Morte”, enquanto

    Fernando, mais pé no chão, sapecou: ” Dependência ou Madoff-se”

    (perdão pela sem-gracice, apenas para lembrar que uma das línguas

    maternas dele é o inglês). Fernando tomou duas providências, certamente

    com base numa equivocada leitura do “Probieren geht über studieren” dos

    alemães: a primeira foi mandar que nós, seus súditos, esquecêssemos o

    que ele escreveu – ou seja, ele disse, esqueçamos a teoria, vamo partir

    pra prática!, e a segunda foi praticar – fez de tudo para amarrar

    definitivamente o país no campo estrito da dependência, para torná-lo,

    quando muito, um reles obrador de commodities. E doou Vales, privatizou,

    botou os fundos existentes no país a disposição de corsários, etc.

    Já o outro, o que almeja 2010, este não põe a nu o que estudou, não diz

    em que seara suas idéias se emaranham – em verdade, ao que parece,

    ele soterra seus escritos acadêmicos como fez com aquele seu conto de

    ficção, obra prima que até levou a cartório (prometo ficar 4 anos na

    Prefeitura, etc).

  18. Lembro-me de que,
    Lembro-me de que, recém-formado em 1993, preparei-me para minha primeira audiência ( seria na Justiça do Trabalho). Fiz a barba, escolhi cuidadosamente gravata, camisa e terno e, quando já me dispunha a sair, com a pasta ao lado e um resumo do processo, meu pai interpelou-me: ” vai sair assim?” Irritado, perguntei: ” Por que? O que há de errado? Não gostou da roupa?” ” Bom, talvez mudar alguns detalhes não fosse uma providência de todo ruim”, e olhou para baixo. De repente, notei que estava de meia e chinelos, aqueles modelo franciscano ( nunca gostei de chinelos de dedo). A partir daí, comecei a fazer como os gaúchos pedem: dar mais atenção ao sul.

  19. quer dizer que o argerico
    quer dizer que o argerico esqueceu a pasta com o computador.
    peloamordedeus, e se um dia ele esquece de voltara para casa?
    acho prudente providenciar algo como uma coleirinha com nome, endereço, telefone (o certo, e não o do francisco, coitado)…

    o problema destes distraídos é que eles dão um trabalho adicional danado!

  20. Anarquiysta dear

    acho que
    Anarquiysta dear

    acho que voce não vai encontrar cronópios no dicionario.

    Leia Julio Cortazar: Historias de Cronópios e de Famas, foi ele quem inventou essas maravilhas.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome