TVGGN 21h: Ricardo Coutinho entrevista o cineasta Juliano Dornelles, co-direitor de Bacurau

Programa "Pense Brasil Nordeste" é exibido nesta quinta (27), a partir das 21h, na TVGGN. Em pauta, o novo cinema nordestino

Jornal GGN – O novo cinema nordestino é a pauta da conversa entre o ex-governador da Paraíba e diretor do instituto iParahyba, Ricardo Coutinho, e o cineasta recifense Juliano Dornelles, co-direitor do filme Bacurau. A entrevista será exibida na noite desta quinta (27), a partir das 21h, na TVGGN. Acompanhe pelo link acima. O programa Pense Brasil Nordeste é uma parceria da TVGGN com o iParahyba, que traz toda semana ao canal discussões relevantes sobre a história, cultura, arte e futuro da região Nordeste.

Nascido em Recife, juliano Dornelles é diretor, diretor de arte e roteirista. No início dos anos 2000 formou com outros realizadores o grupo criativo Símio Filmes. No início da carreira atuou como cineclubista, escreveu e dirigiu ficções de curta metragem e videoclipes em formato digital. Desde 2004 atua como diretor de arte e colaborador criativo em projetos de realizadores como Kleber Mendonça Filho, Daniel Bandeira, Marcelo Pedroso e Leonardo Lacca. 

Como diretor e roteirista, em 2011 lançou o curta Mens Sana In Corpore Sano no 64º  Festival de Cinema de Locarno onde ganhou prêmio especial do júri e vários outros prêmios em festivais no Brasil. Em janeiro de 2015 rodou seu primeiro longa, O Ateliê da Rua do Brum, que encontra-se em pós-produção. Seu longa-metragem Bacurau, que foi co-escrito e co-dirigido com Kleber Mendonça Filho, tornou-se o filme brasileiro mais aclamado de 2019 alcançando a marca de 750 mil espectadores nos cinemas brasileiros, vencendo o prêmio do júri no Festival de Cannes e acumulando inúmeros outros prêmios em festivais internacionais como também recebeu um enorme reconhecimento da crítica internacional e brasileira, sendo premiado pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e sendo relacionado na prestigiosa lista dos 10 melhores filmes do ano pela revista francesa Cahiers du Cinema ficando em 4º lugar. 

Com informações da Academia Internacional de Cinema

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome