Um passarinho me ensinou uma canção feliz…

Por Luciano Hortencio

Coisa boa é ter boas coisas para recordar. Lá em casa, todos os domingos a gente acordava com minha irmã Danielle tocando piano. Sempre músicas alegres e contagiantes. Uma delas era exatamente a composição de Bronislaw Kaper e Helen Deutsch intitulada Hi-Lili – Hi-lo, que ganhou versão brasileira de Haroldo Barbosa e o título simplificado de Lili.

Trago aqui as interpretações de Neide Fraga e Meire Pavão, na versão de Haroldo Barbosa!

Boa semana pra todo mundo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 comentários

  1. Tico-tico

    Que bom, amigo Luciano, que algum passarinho lhe tenha ensinado uma canção feliz. Nada mais belo que uma infância feliz. Lembro do canto da passarinhada pelos quintais da minha infância; o Bem-te-vi nos saudando todas as manhãs. Que coisa linda era, nas férias, brincar livre pelos quintais das casas da familia e dos vizinhos. Gostava de ouvir os “passarim”, gostava de conversar com as plantinhas, criei muitos gatos, cachorros, que pegava da rua, um coelhinho e por fim dois pintinhos, que se tornaram frangos e acabaram – para minha imensa tristeza – na panela.

    Por isso me reconheço tanto nas lindas canções que falam da mata e dos bichos e nos livros sertanistas.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome