Na China, Nicolelis recebe prêmio por seu trabalho em neurociência

nicolelis_premio_na_china.jpg

Jornal GGN – Na manhã desta sexta-feira (26), o cientista Miguel Nicolelis recebeu o prêmio Daniel E. Noble For Emerging Technologies, concedido pela IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers), em Shangai, na China.

O pesquisador brasileiro pelo seu trabalho, que, segundo a IEEE, “mudou completamente as percepções sobre o que os cérebros podem fazer e como esta pesquisa pode ser rapidamente aplicada para ajudar os humanos”.
 
O instituto também afirma que Nicolelis demonstrou que os humanos podem utilizar a atividade cerebral para se comunicar diretamente com equipamentos mecânicos, eletrônicos e virtuais, e além de mencionar o exoesqueleto robótico que pode ajudar na mobilidade de pessoas com paralisia. “Seu trabalho tem grandes implicações para pacientes com epilepsia, Mal de Parkinson, e com lesão medular”. 
 
No final do ano passado, o GGN entrevistou Miguel Nicolelis, que falou sobre sua pesquisa e sobre a instalação do Instituto Internacional de Neurociência de Natal – Edmond e Lily Safra (IINN-ELS). Veja abaixo: 

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. Parabéns!!!!!!!

    Parabéns ao Nicolelis por esse merecido prêmio. É uma vergonha nacional o total mudismo da imprensa calhorda e ignorante que temos sobre as pesquisas e avanços obtidos no  campo da neurociência pela equipe do médico brasileiro que mora nos EUA Miguel Nicolelis. Recomendo seus dois notáveis livros para quem quiser tomar conhecimento de suas pesquisas no campo da neurociência nos Estados Unidos e do Instituto de Neurociências que criou no Brasil no Estado do Rio Grande do Norte. O primeiro é MUITO ALÉM DO NOSSO CÉREBRO editado pela Companhia das Letras em 2011 e o segundo MADE IN MACAÍBA foi editado pela Planeta Livros do Brasil em 2016. Leitura inteligente, agradável e bem humorada para quem se interessa por temas científicos da atualidade e educacionais de alto nível.

  2. Reconhhecimento

    Que pena que estas noticias não chegam ao povo, pelos grandes medios, só porque se trata de um cientista “politizado”, o trabalho dele foi oculto ou minimizado, ate nos eventos como a copa do mundo e olimpiadas, grande tristeza!

     

  3. Parabéns …

    … Também ao GGN ao abrir espaço para mencionar este projeto, porém, seria muito bom o GGN ter um colunista informando sobre ciência, seja aquela que se consegue realizar no Brasil assim como o que ocorre no mundo, até mesmo para lançar luz sobre o significado nas humanidades, a FAPESP e FAPERJ sempre informa sobre as pesquisas e parcerias com pesquisadores de outros países que esses insitutos fazem.

  4. Parabéns Nicolelis!

    É um orgulho brasileiro. Ao mesmo tempo sinto vergonha do tratamento que a ciência recebe aqui. Sempre digo que os “globotomizados” atrasam o Brasil.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome