Chega ao fim o embargo da carne brasileira na China

Jornal GGN – Após reunião com o ministro chinês da Administração de Inspeção de Qualidade e Quarentena, Zhu Shuping, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, anunciou que o Brasil deverá ter 26 frigoríficos habilitadas a exportar para a China até o mês que vem.

Na manhã de hoje, a presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro da China, Li Kepiang, oficializaram a liberação da venda de carne bovina para o país asiático. A venda de carne para a China estava embargada desde 2012.

Com a habilitação dos 26 frigoríficos, as exportações poderão representar cerca de US$ 520 milhões em vendas para a China.

Com informações do Ministério da Agricultura

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. Essa é uma notícia

    Essa é uma notícia ”interessante”:

      NENHUM grande veículo de comunicação noticiou que a nossa carne foi embargada pela China—tanto é verdade que o jornal GGN não diz desde quando– não sabe que retornou a exportar e nem até quando e muito menos em que condições e porque foi embargada.

        Mas assim é o Brasil com seus ”jornalistas”.

           Exemplo: A tal de operação ”Zelote” que pega as maiores instituições brasileiras, sabemos o seguinte:

               ”90 por cento dos larápios serão absolvidos”. Por que? Porque o judiciário NEGA pedidos da promotoria pra investiga-los( não permite escuta telefõnica e outros meios)

                 Tbm, só faltava um juiz/a autorizar envestigar bancos Itau,Bradesco, santander e outras empresas de ponta.

                      No dia seguinte esse juiz/a que autorizasse estaria transferido pro interior do Acre,

                              Esse é o Brasil !!!

              

  2. Situação dos trabalhadores em frigoríficos no Brasil é trágica

    Nassif,

    Gostaria realmente de saber o quanto será agravada a já calamitosa situação dos trabalhadores em frigoríficos no Brasil depois que se iniciarem as (mega) exportações de carne para saciar o apetite chinês. Para quem não acompanha o problema segue:

    1) Uma notícia recente, 14 de maio,  de fechamento de um dos frigoríficos do grupo JBS (dono da Friboi, não, não é o Lulinha o dono) pelo Ministério Público do Trabalho após constatar inúmeras irregularidades reiteradas vezes nas condições de trabalho dos funcionários. Na matéria (AQUI), há dois arquivos sonoros com o auditor fiscal Diego Alfaro, do Ministério do Trabalho, é quem explica quais os principais problemas encontrados na Big Frango durante a vistoria.

    2) Na sequência um vídeo já clássico sobre os problemas recorrentes das condições de trabalho no setor. O vídeo é tão clássico que já é parte do curriculo dos principais cursos de Engenharia de Produção do país na disciplina de Ergonomia. Todo Engenheiro de Produção que fez uma boa escola não se forma sem ter visto este vídeo e feito ao menos uma resenha sobre ele. 

     

    1) Frigorífico da JBS é interditado no interior do Paraná

     

    14 de maio de 2015 by BandNews FM Curitiba Leave a Comment

    Um frigorífico do grupo JBS Foods em Rolândia, no norte do Paraná, foi interditado no fim da tarde de ontem (quarta, 13) por auditores fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A fiscalização constatou que aproximadamente 50 máquinas da Big Frango ofereciam risco à saúde e à segurança dos trabalhadores. A empresa abate cerca de 400 mil aves por dia e tem 3.500 empregados. E agora, só vai poder reabrir depois que corrigir as irregularidades flagradas pelas equipes técnicas.

    A ação faz parte de uma força-tarefa do Ministério Público do Trabalho (MPT) em parceria com o MTE, INSS, Receita Federal e Advocacia Geral da União (AGU). A iniciativa tem o apoio operacional de inteligência e segurança institucional da Polícia Militar e é acompanhada por três entidades regionais e federais que representam os funcionários do setor de alimentação. O auditor fiscal Diego Alfaro, do Ministério do Trabalho, é quem explica quais os principais problemas encontrados na Big Frango durante a vistoria.

    Audio Player

    00:00

    Use Left/Right Arrow keys to advance one second, Up/Down arrows to advance ten seconds.

    00:00

    Use Up/Down Arrow keys to increase or decrease volume.

     

    Entre outras coisas, as equipes apuraram que quase metade dos funcionários passam frio nas dependências da empresa, mais de 75% deles terminam o dia cansados ou exaustos, 53% precisam de remédios para amenizar dores causadas pela função e 38% sentem fortes dores durante o exercício da atividade diária. Além disso, alguns trabalhadores chegavam a movimentar manualmente cargas de mais de 30 toneladas no acumulado do dia.

    Por causa da interdição, conforme o auditor, a produção do frigorífico está parcialmente interrompida e não há um prazo fixado para a retomada integral das atividades. Tudo vai depender da própria companhia.

    Audio Player

    00:00

    Use Left/Right Arrow keys to advance one second, Up/Down arrows to advance ten seconds.

    00:00

    Use Up/Down Arrow keys to increase or decrease volume.

     

    As irregularidades verificadas na Big Frango não seriam recentes. De acordo com o Ministério Público do Trabalho, esta é a maior operação já realizada no setor no país e foi deflagrada com base em denúncias recebidas sobre vários problemas no estabelecimento. A primeira fase da ação começou na terça-feira (12) e deve ser concluída na próxima sexta-feira (15). A expectativa é estender a fiscalização para outras empresas.  Ainda conforme o MPT, o segmento de abate de aves suínos e pequenos animais é um dos que mais registram acidentes de trabalho no Brasil. Em 2013, segundo o INSS, foram 10.388 casos contra 10.030 em 2012. A reportagem da BandNews tentou contato com a JBS Foods, mas ninguém atendeu às ligações.

     

    2) Documentário Carne Osso

    [video:https://youtu.be/imKw_sbfaf0%5D

    Que revela a gestão análoga a da Era da Industrialização Clássica (1900) em pleno dias atuais!

    Vídeo extremamente importante para quem tem interesse na área da saúde do trabalhador (saúde e segurança no trabalho). 
    Apresenta a realidade de muitos trabalhadores Brasileiros que é ignorada e desconhecida por uma parcela significativa da população.

    PRÊMIOS

    – Menção Honrosa (EU — OSHA)
    “DOK Leipzig” 2011 – Alemanha

    – Melhor Documentário (Júri Popular do DocFAM) “Florianópolis Audiovisual Mercosul” 2011 – Brasil

    – Seleção Oficial”É Tudo Verdade” 2011- Brasil

    – Seleção Oficial “FIDOCS” 2011 – Chile

    – Seleção Oficial “Festival de Gramado” 2011 – Brasil

    FICHA TÉCNICA

    Direção: Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros
    Roteiro e edição: Caio Cavechini
    Fotografia: Lucas Barreto
    Pesquisa: André Campos e Carlos Juliano Barros
    Produção Executiva: Maurício Hashizume
    Realização: Repórter Brasil, 2011

  3. Sera que entenderam os

    Sera que entenderam os trunfos que Dilma tinha na manga? É por estas e outras que não me coloco no time das críticas antecipadas a um governante em que confio. Nós que estamos fora do poder não temos, por mais que queiramos, as informações para analisar completamente situações na escala federal. Dilma apanhou calada porque sabia do que viria adiante. Calou a boca de todos os apressadinhos.

    É bem diferente quando não confiamos em um governante. Neste caso criticamos, mesmo com poucas informações, porque há um histórico de ações com as quais não concordamos. 

  4. Bom ………….

    Que se faça as fiscalizações e dê melhores condições de trabalhos aos operários dos frigorificos, mas que isto não seja impecilho para não honrar os compromissos assumidos pelo Brasil, quanto a exportação!

    Que devemos valorizar nossa mão de obra, não resta a menor duvida, mas alguns comentários parecem ir contra aos acordos feitos hj com a China, e deveriam elogiar este momento, sem a conotação pessimista que lí em alguns comentários.

    Que protejam os oprários e lhes dê condições dignas de trabalho mas que mantenham os acordos, pois eles são o ganha pão de muitos!!!

  5. pessimo….

    …..para o povo, pois com a alta do dolar os frigorificos vão exportar e ter um grande lucro.

    e para nos o que vai restar sera um novo aumento da carne, e o pessoal vai reclamar que esta indo ao mercado e os carrinhos estão cada vez mais vazios.

    e por fim vai colocar a culpa no governo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome