Atividade econômica tem crescimento nulo em outubro

Jornal GGN – O índice de atividade econômica apurado (PIB mensal) apurado pela consultoria Serasa Experian aponta estagnação da economia ao longo do mês de outubro (crescimento nulo perante setembro), já efetuados os devidos ajustes sazonais.

Entretanto, a comparação com o total registrado no mesmo mês do ano passado (outubro/2014) aponta retração de 5,5%. Com este resultado, a variação negativa acumulada na produção nacional atingiu 3,4% nos primeiros dez meses de 2015.

Pelo lado da oferta agregada, apenas o setor de serviços registrou alta em outubro/15: 0,5% frente a setembro/15. Já o setor agropecuário recuou 1,7% ao passo que a indústria se retraiu 1%, ambos resultados na comparação mensal outubro/15 vs. setembro/15, livre de fatores sazonais.

Do ponto de vista da demanda agregada, os investimentos, que apresentaram uma retração de 1,8% em outubro, aprofundaram o forte ritmo de queda visto ao longo do ano: de janeiro a outubro de 2015, a queda nos investimentos já atinge 13,6%. O consumo do governo também recuou em outubro, -0.4% de variação frente a setembro. Por outro lado, o consumo das famílias conseguiu ter um resultado positivo em outubro, avançando 0,2% frente a setembro. Por fim, com exportações caindo 3,4% e importações  aumentando 0,7%, o setor externo contribuiu negativamente para a atividade econômica em outubro.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, “as dificuldades em se conseguir um equilíbrio fiscal, a inflação ainda em patamar elevado, a deterioração dos níveis de confiança de consumidores e empresários e os efeitos de uma política monetária restritiva continuam afetando negativamente o ritmo dos negócios no país”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome