Banco do Brasil prepara PDV e pode demitir 10 mil funcionários

Jornal GGN – O Banco do Brasil deverá lançar um novo plano de demissão voluntária, com a expectativa de atrair até 10 mil empregados, representando um corte de 9% no quadro de funcionários do banco.

Segundo a Folha de S. Paulo, a instituição planeja divulgar as regras de adesão ao PDV ainda em 2016, ou no começo do ano que vem. O Banco do Brasil não comenta o assunto oficialmente.

Atualmente, o BB tem 109 mil funcionários e quase 5 mil estagiários, um número maior na comparação com os bancos privados, como Itaú e Santander.

Um dos recursos do banco para reduzir o número de funcionários é convencer os servidores a se aposentar, com o Plano de Aposentadoria Incentivada. O último foi lançado neste ano e teve adesão de 4.992 trabalhadores, com custo de R$ 372,5 milhões.

Nesta semana, o BB começou um plano de reestruturação, sendo que, das 27 diretorias, duas foram extintas, a de Crédito Imobiliário(Dimob) e a de Relações com Funcionários e Entidades Patrocinadas (Diref).  As mudanças podem reduzir despesas e aumentar os lucros, mas também diminuir o escopo dos negócios da instituição.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

17 comentários

  1. demissões BB
    A LEI DO RETORNO NÃO FALHA
    Conversando hoje, com uma funcionária do Banco do Brasil, os golpistas querem demitir?, o que não podem, então vira demissão voluntária, 18.000 funcionários do banco, concursados, que já estão aposentados pela Previdência Social, recebendo o teto máximo, em torno de 5.000,00 mas continuam trabalhando, recebendo salário de 18.000,00;
    A proposta dos golpistas é dar um bônus de 60.000,00, após 30 a 35 anos de trabalho, desde que eles aceitem a Demissão Voluntária, na verdade a demissão sumária.
    Segundo ela, todos golpistas, os verde amarelo e paneleiros

  2. Matéria irreal e tendenciosa

        O BB não irá demitir ninguem, não dará um “pé na bunda e procure seus direitos” a qualquer funcionário, a nova administração oferecerá um pacote amplo e negociado de beneficios a seus colaboradores, para que estes demitam-se do Banco ou melhor ainda aposentem-se, mas como sempre, esta esquerdinha – corporativista – bolivariana, procura distorcer a verdade com injunções pérfidas e manchetes não condizentes com a realidade do próprio texto.

         Quem aceitar as condições, as benesses de retirar-se dos quadros do BB, com a vultosa indenização poderá participar dos varios planos – como capitalista – empreendedoristas, que o governo de Michel Temer propiciará ao Brasil, até mesmo fornecendo novos postos de trabalho aos milhões de desempregados proporcionados pela aventura dilmista.

          Já os precocemente aposentados, indenizados o serão, poderão tambem empreender melhor ainda, pois alem do suporte direto do PDV, mensalmente terão recursos fixos para sua subsistência, e terão feito um grande serviço para o Banco e para o País , uma vez que aposentado-se, propiciarão que outros funcionarios, mais jovens, mais preparados, ainda com a ambição dos novos, forneçam ao Banco e ao Estado, uma renovada oxigenação a esta entidade.

           Não é portanto um simples programa de redução de pessoal, mas uma oportunidade deste Banco encalacrado, renovar seus quadros, tornar-se mais agil, com mais foco em operações lucrativas e não politicas, deixar de ser bicicleta para administrações irresponsaveis.

            P.S. : Se privatizar tem que ter tag along

    • Só vc não sabe que o PDV é um

      Só vc não sabe que o PDV é um belo pé na bunda do funcionário, pois ñão há opção: ele é obrigado a aderir. E a grana que recebe como “incentivo” logo logo virá pó

    • PDV Banco do Brasil

      O amigo deixou de mencionar que pararelamente a isso está sendo criado no Brasil do governo do Doutor Temer um clima extremamente favorável ao empreendorismo. Assim a expectativa é de que 99% dos funcionários aderentes ao PDV consigam na iniciativa privada rendimentos quatro ou cinco vezes superiores aos que recebem atualmente no Banco. 

      Não ouso afirmar que teremos 100% de sucesso pois o sistema capitalista ainda não descobriu uma vacina contra o risco. De qualquer forma os azarados terão o consolo de saber que foram sacrificados por uma boa causa. Alvíssaras!

  3. O banco não está nem aí para o funcionário o

    O BB não está nem aí para o funcionário. De repente, chega numa sexta-feira e pede para os funcionários procurarem outro local de trabalho pq aquele irá fechar. Se a pessoa não conseguir outro lugar, o corte no salário pode ser até de 60% ! Só não entendo pq muitos lutaram para tirar a Dilma. Hoje o clima no BB está péssimo ! Muita gente com medo ! http://www.bancariosdf.com.br/site/index.php/component/k2/temer-ataca-banco-do-brasil-e-seus-funcionarios

  4. ESTOU ATÉ COM UMA PONTA DE

    ESTOU ATÉ COM UMA PONTA DE SATISFAÇÃO AO CONSTATAR QUE TODOS OS ESTATUTÁRIOS E OS EMPREGADOS DE EMPRESAS  MISTAS ( GOVERNO + INICIATIVA PRIVADA ) QUE SÃO LIBERAIS E/OU NEOLIBERAIS ( APOIAM OU APOIARAM O PIG, O DEM O PSDB E A RETIRADA DO PT DO PODER, SEJA COM GOLPE OU NÃO ) E QUE FORAM, INCLUSIVE, NAS PASSEATAS ANTI DILMA, VÃO PERCEBER QUE TOMARÃO LEGAL, NA BHUNDA! OS ATOS SERÃO DE QUEBRA DE ESTABILIDADE ( MAIS AINDA ), DEMISSÕES ( VOLUNTÁRIAS OU NÃO ), PRIVATIZAÇÕES EM TUDO OU QUASE TUDO E ENXUGAMENTO DA MÁQUINA PARA O ESTADO MÍNIMO! É ISSO AÍ NEGADINHA, O TRABALHADOR EM GERAL É A BOLA DA VEZ! HAVERÁ REDUÇÃO REAL NAS APOSENTADORIAS, SALÁRIO MÍNIMO, AUXÍLIOS DOENÇA, ETC, ETC., ETC. TORÇO PARA ESTAR ERRADO MAS ESTA É A MINHA CERTEZA! O BRASIL SERÁ UM PAIZ DE CUSTO PARA A  PRODUÇÃO MUITO BARATO ( TRABALHO QUASE ESCRAVO ). TERÁ EMPREGOS COM SALÁRIO INSIGNIFICANTE, PARA QUE O 1º MUNDO POSSA COMPRAR E CONSUMIR. VIVA O NOSSO COMPLEXO DE  VIRA-LATAS! 

  5. ESTOU ATÉ COM UMA PONTA DE

    ESTOU ATÉ COM UMA PONTA DE SATISFAÇÃO AO CONSTATAR QUE TODOS OS ESTATUTÁRIOS E OS EMPREGADOS DE EMPRESAS  MISTAS ( GOVERNO + INICIATIVA PRIVADA ) QUE SÃO LIBERAIS E/OU NEOLIBERAIS ( APOIAM OU APOIARAM O PIG, O DEM O PSDB E A RETIRADA DO PT DO PODER, SEJA COM GOLPE OU NÃO ) E QUE FORAM, INCLUSIVE, NAS PASSEATAS ANTI DILMA, VÃO PERCEBER QUE TOMARÃO LEGAL, NA BHUNDA! OS ATOS SERÃO DE QUEBRA DE ESTABILIDADE ( MAIS AINDA ), DEMISSÕES ( VOLUNTÁRIAS OU NÃO ), PRIVATIZAÇÕES EM TUDO OU QUASE TUDO E ENXUGAMENTO DA MÁQUINA PARA O ESTADO MÍNIMO! É ISSO AÍ NEGADINHA, O TRABALHADOR EM GERAL É A BOLA DA VEZ! HAVERÁ REDUÇÃO REAL NAS APOSENTADORIAS, SALÁRIO MÍNIMO, AUXÍLIOS DOENÇA, ETC, ETC., ETC. TORÇO PARA ESTAR ERRADO MAS ESTA É A MINHA CERTEZA! O BRASIL SERÁ UM PAIZ DE CUSTO PARA A  PRODUÇÃO MUITO BARATO ( TRABALHO QUASE ESCRAVO ). TERÁ EMPREGOS COM SALÁRIO INSIGNIFICANTE, PARA QUE O 1º MUNDO POSSA COMPRAR E CONSUMIR. VIVA O NOSSO COMPLEXO DE  VIRA-LATAS! 

  6. Vem de longe, bem longe, o

    Vem de longe, bem longe, o projeto de descaracterização e posterior privatização do BB. O que sempre o obstou foi o peso, a importância dessa instituição na formação econômica e até geopolítica desta Nação.  Arriscaria afirmar que TALVEZ só a Petrobras se iguale nesse aspecto. A história do Banco do Brasil se confunde com a do país.

    O certo é que a partir de 1986(governo Sarney), quando perde a chamada “Conta Movimento”, instrumento que o tornava autoridade monetário ad hoc, veio num crescendo em termos de esvaziamento enquanto estatal. Voltou-se quase que exclusivamente para o Mercado, ficando como secundário, além da estratégica função de banco de fomento, seu papel de moderador das taxas de juros de mercado. Nesse aspecto, fez, e continua fazendo exatamente o contrário: remuneração de empréstimos tão ou mais elevada que os concorrentes privados além da cobrança abusiva de tarifas sobre serviços.

    O resultado disso foi a gradual perda de empatia com um certo tipo de público, máxime o de perfil mais conservador. 

    Apesar de tudo isso, ainda continua, acredito, essencial nesse papel – mesmo que enfraquecido e limitado – de agente financeiro do Estado para certas atividades estratégicas como o setor primário, comércio exterior e micro e pequenas empresas. 

    PS: trata-se de um autêntico “conto do vigário” essa conversa de “perda de competitividade” do banco. Nunca uma corporação financeira agregou tanto valor a seus resultados como o BB nesses últimos 20 anos. Chegou, inclusive, ao ponto do exagero. As metas para o RPL(Retorno de Patrimônio Líquido nunca foram menores que 15%. O banco sempre esteve nos três primeiros lugares nas diversas rubricas do ranking entre bancos públicos e privados. Em suma: uma potência. Basta ver as Demonstrações de Resultados. 

     

     

  7. Igualzinho na Petrobras

    Igualzinho na Petrobras  estão vendendo empresas  como Liquigás , Gaspetro,  a BR Distribuidora , Campos de  Petroleo , parando projetos  como fabrica de fertilizantes , e o Comperj .. Esse funcionarios  já foram  intimados  a procurarem  areas para  se transferir  e se não acharem  devem entrar no PIDV pois toda   empresa  a ser vendiada no grupo terá PIDV.   Esta um verdadeiro salve se quem puder .. E já foi avisado se fizer greve  cuidado pois não terão  mais o PT  para proteger os trabalhadores .. Agora os trabalhadores  estão vendo quem são os verdadeiros PATOS 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome