Brumadinho: Vale é condenada a pagar R$ 100 milhões em indenizações

Valor será direcionado às famílias dos trabalhadores que morreram vítimas do rompimento da barragem; empresa pode recorrer

Jornal GGN – A mineradora Vale foi condenada a pagar R$ 100 milhões em indenizações para as famílias dos trabalhadores vítimas do rompimento de barragem na cidade de Brumadinho, ocorrida em janeiro de 2019.

Segundo o jornal Correio Braziliense, a ação foi julgada em primeira instância pela 5ª Vara do Trabalho de Betim e ainda cabe recurso à mineradora.

De acordo com a juíza Vivianne Correa, a mineradora foi culpada pela tragédia de Brumadinho por ter conhecimento dos riscos e agir com negligência ao escolher correr o risco.

Em nota, a empresa afirma que irá avaliar a decisão proferida pela 5ª Vara do Trabalho de Betim e diz que tem feito acordo com as famílias afetadas.

A Vale chegou a ser condenada a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador morto em Brumadinho, incluindo os familiares dos trabalhadores da mineradora que foram vítimas da tragédia.

Leia Também

Laudo da PF aponta a culpa da Vale na tragédia de Brumadinho

Vazamento de lama volta a atormentar famílias do Córrego do Feijão, em Brumadinho

Vale assina acordo de R$ 37 bilhões para reparações do crime ambiental de Brumadinho

“Pessoas continuam a morrer” após dois anos, diz atingida por barragem em Brumadinho

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome