Caso OGX não vai afetar captações externas, diz Coutinho

Jornal GGN – O pedido de recuperação judicial da empresa de petróleo OGX, controlada pelo empresário Eike Batista, não vai afetar as captações externas das companhias brasileiras, segundo declarações do presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Luciano Coutinho. Para ele, o investidor estrangeiro diferencia a OGX das demais companhias brasileiras.

“A janela de liquidez e as captações brasileiras continuaram. Quando as janelas de liquidez são favoráveis, as empresas têm captado, com custos razoavelmente favoráveis”, afirmou Coutinho, segundo informações da Agência Brasil. “Os investimentos dos fundos que apoiaram a empresa são investimentos de riscos que elas estão acostumados a enfrentar, faz parte do jogo”, acrescentou, após reunião com executivos do setor têxtil no Rio de Janeiro.

O presidente do BNDES disse ainda que é “sensato” que a empresa OSX, também de Eike Batista, tenha um prazo maior para pagar o empréstimo feito na instituição no valor de R$ 418 milhões. O empréstimo vence no fim de novembro. “A OSX tem muitos ativos valiosos cujo valor superam sua dívida, então é uma empresa que pode ser solucionada. Nesse sentido, dar tempo para que a empresa possa se restabelecer é uma estratégia sensata”, avaliou.

Os desembolsos do BNDES de setembro serão divulgados na semana que vem e devem se manter no patamar entre R$ 14 bilhões e R$ 15 bilhões, segundo Coutinho. Ele disse, que, embora não tenha sido marcada uma data para o novo aporte de recursos do Tesouro Nacional no banco de fomentos, é necessário que isso ocorra ainda neste ano.

Sobre a OGX, o banco divulgou um comunicado na quarta-feira (30), afirmando que “não concedeu nenhum financiamento à empresa OGX, não havendo, portanto, qualquer exposição de crédito à referida companhia” e que, em relação à BNDESPAR, a participação na OGX é de 0,26% do capital total, o que representa 0,01% da carteira de ações da BNDESPAR.

Com informações da Agência Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Bolsa de Valores, Eike, etc.

    Esta foi MINHA opinião,  mandada para a Globonews hoje( programa Estudio I).

    O caso da OGX é mais uma prova de que as BOLSAS de valores, principalmente a do Brasil, são apenas uma PICARETAGEM FINANCEIRA, como qualquer outra.

    Humores, suposições, fofocas, boatos, são influências mais importantes no valor das ações, do que a REALIDADE das empresas.

    Os interesses de um pequeno grupo de PICARETAS que, de repente, resolvem ganhar MUITO dinheiro rapidamente, é motivo de alta ou baixa no valor das ações.

    Ainda bem que os milhares de DESEMPREGADOS das empresas de Eike, estarão empregados rapidamente, ou teríamos, aí sim, uma grande desgraça para essas Pessoas.

    Muitos desses acontecimentos contra Eike (que não é da turma)  podem ter sido motivados por interesses midiáticos, partidários e eleitorais.

    Vejamos como os responsáveis pela Bolsa Brasileira explicarão aos PEQUENOS e MÉDIOS investidores, uma estupidez dessas, o desrespeito, a falta de responsabilidade e o descaso com esses Brasileiros que acreditaram neles.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome