Vendas do comércio estão no mesmo nível de 2014, por Luis Nassif

No mês. dos 11 setores medidos, houve 6 em alta, 4 em queda e 1 estagnada

Foto: Agência Brasil

Pesquisa Mensal de Comércio, do IBGE, mostra uma completa estagnação do setor desde 2014 – que serve de base 100. Ou seja, não houve crescimento sequer para acompanhar o aumento da força de trabalho e da População Economicamente Ativa.

No mês. dos 11 setores  medidos, houve 6 em alta, 4 em queda e 1 estagnada
As maiores altas  foram de Outros artigos de uso pessoal e doméstico com 19,1 de crescimento; Tecidos, vestuário e calçados com 2,8% e Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação com ,6% 
As maiores altas foram de Livros, jornais, revistas e papelaria com -5,2 de crescimento; Material de construção com -2,3% e Móveis e eletrodomésticos com -1,4% 
Em 12 meses foram 5 em alta e 6 em queda
As maiores altas foram Tecidos, vestuário e calçados com 38,92%; Veículos, motocicletas, partes e peças com 36,03% e Veículos, motocicletas, partes e peças com 20,31%
As maiores quedas  foram Livros, jornais, revistas e papelaria com -21,29%; Móveis e eletrodomésticos com -11,55% e Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação com -4,04%

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Se está no nível de 2014 melhorou. Nosso PIB,por exemplo,ainda está mais um trilhão de DÓLARES em relação ao pico de 2011 e,nessa mesma moeda,ainda está em 2007.
    Como podemos observar,ainda faltam mais 16 anos para o país retroagir até a meta estabelecida pelo sujeito que ocupa o Palácio do Planalto,seus milicos milicianos e sua mídia sempre golpista.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome