Confiança da indústria registra maior patamar desde 2014

Apesar da melhora, índice segue abaixo do patamar de 50 pontos

Jornal GGN – O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) apresentou melhora pelo segundo mês consecutivo e chegou a 45,7 pontos em junho, o maior valor desde novembro de 2014, segundo levantamento elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice cresceu 4,4 pontos na comparação com o mês anterior.

Mesmo assim, o indicador continua abaixo dos 50 pontos e longe da média histórica de 54,3 pontos, observa a CNI. Os valores do Icei variam de 0 a 100. Quando estão abaixo de 50, indicam a falta de confiança dos empresários.

Segundo a CNI, o indicador melhorou especialmente nas grandes empresas. Nesse segmento, o Icei alcançou 47,7 pontos em junho, o maior nível nos últimos 24 meses. Nas pequenas empresas, o índice subiu de 38,8 pontos em maio para 43,1 pontos neste mês.

Considerando os componentes do ICEI – índices de condições atuais e de expectativas – há crescimento em ambos na comparação mensal (5 pontos em condições atuais e 4,1 pontos em expectativas).Segundo a pesquisa, o índice de expectativas passou de 47 pontos em maio para 51,1 pontos em junho, ou seja, indica expectativa positiva do empresário para os próximos seis meses. Desde outubro de 2014 o índice de expectativas encontrava-se abaixo dos 50 pontos.  

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora