Confiança dos empresários da indústria cai em setembro

Jornal GGN – A confiança dos empresários da indústria voltou a cair após a estabilidade registrada em agosto, segundo dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) apresentou queda 1,4 ponto em setembro e ficou em 35,7 pontos, o menor valor da série histórica, iniciada em 1999. O valor é 10,9 pontos menor que o registrado em setembro de 2014 e 19,8 pontos inferior à média histórica do índice.

Segundo a CNI, com esse resultado, o indicador completa um ano e meio abaixo dos 50 pontos, o que sinaliza pessimismo dos industriais. O Icei varia de zero a cem pontos. Pela metodologia do indicador, valores que ficarem abaixo de 50 indicam falta de confiança dos empresários.

Entre as empresas de médio porte, o Icei caiu de 36,8 para 35,1 pontos entre agosto e setembro. Nas grandes empresas, passou de 37,8 para 36,1 pontos no período. Já entre os pequenos negócios, o indicador ficou praticamente estável: variou de 35,8 pontos, em agosto, para 35,5 pontos, em setembro – segundo a pesquisa, os industriais das empresas deste porte não mostram aprofundamento da falta de confiança na comparação com o mês anterior.

A avaliação dos empresários sobre as condições atuais da economia e da empresa variou de 28,1 para 27,5 pontos no período, oscilando dentro da margem de erro. De acordo com a pesquisa, a avaliação para as condições atuais “é de manutenção de piora das condições de negócios”. Já a piora das expectativas para os próximos seis meses provocou a queda na confiança. O índice de expectativas recuou 1,6 ponto em setembro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora