Depois de dois meses em queda, produção industrial cresce entre agosto e setembro

 
Jornal GGN – Dados da Pesquisa Industrial Mensal mostram que a produção industrial teve crescimento de 0,5% em setembro ante agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 
 
O resultado positivo aparece após dois meses seguidos de queda na produção. Em julho, a redução verificada foi de 0,1%, e em agosto foi de 3,5%.
 
Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a produção caiu 4,8%. No acumulado do ano, o recuo é de 7,8%, e, nos últimos doze meses, a queda é de 8,8%. 

 
No terceiro trimestre deste ano, a produção industrial diminuiu 5,5% na comparação com o mesmo trimestre de 2015. 
 
O IBGE ressaltou que, apesar do avanço em setembro, a indústria opera 20,7% abaixo do pico registrado no mês de junho de 2013. 
 
“Embora o ano de 2016 tenha nos mostrado uma maior frequência de resultados positivos, ainda assim há um saldo negativo importante a ser recuperado”, disse André Macedo, gerente de Coordenação de Indústria do instituto. 
 
Ele salienta que a indústria está no mesmo patamar do final de 2008, quando houve queda na produção em razão da crise internacional. 
 
Macedo também afirma que, apesar dos sinais de recuperação, o crescimento da produção não se manteve por causa da menor demanda doméstica. 
 
Na pesquisa do IBGE, apenas nove entre os 24 segmentos pesquisados tiveram crescimento em setembro. A fabricação de produtos alimentações aumentou 6,4%, a produção de veículos automotores, reboques e carrocerias subiu 4,.8%, e as indústrias extrativas tiveram resultado positivo de 2,6%. 
 
“O crescimento é concentrado em poucas atividades e ocorre sobre uma base de comparação depreciada”, ressaltou Macedo.
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome