Desigualdade preocupa presidente do Federal Reserve

Jornal GGN – A presidente do banco central dos EUA, Janet Yellen, disse hoje (sexta-feira, 14) que o crescimento da desigualdade de renda e patrimônio é preocupante. “Não é segredo que as últimas décadas do aumento da desigualdade podem ser resumidas em ganhos significativos de renda e riqueza daqueles no topo, e padrões de vida estagnados para a maioria. Acredito que seja importante perguntar se esta tendência é compatível com os valores enraizados na história de nossa nação, entre eles o alto valor que norte-americanos tradicionalmente colocam na igualdade de oportunidades”, disse em discurso.

Enviado por Assis Ribeiro

Presidente do BC dos EUA se diz preocupada com aumento da desigualdade

Do UOL Economia

BOSTON (Reuters) – A presidente do Federal Reserve (banco central dos EUA), Janet Yellen, disse nesta sexta-feira que o crescimento na desigualdade de renda e de patrimônio a preocupa “demasiadamente”, sugerindo, em discurso detalhado sobre a questão politicamente sensível, que os norte-americanos deveriam perguntar se isso é compatível com os valores dos Estados Unidos.

Com os mercados financeiros mundiais saindo de alguns dias de vendas frenéticas, Yellen não fez declarações sobre a instabilidade ou sobre política monetária. Em vez disso, ela focou no abismo entre ricos e pobres que tem se ampliado nas últimas décadas e durante a recuperação econômica dos EUA.

“A ampliação do aumento da desigualdade nos Estados Unidos me preocupa demasiadamente”, disse Yellen em conferência sobre desigualdade na filial de Boston do Fed, banco central dos Estados Unidos.

“Não é segredo que as últimas décadas do aumento da desigualdade podem ser resumidas em ganhos significativos de renda e riqueza daqueles no topo, e padrões de vida estagnados para a maioria”, disse ela em discurso preparado.

“Acredito que seja importante perguntar se esta tendência é compatível com os valores enraizados na história de nossa nação, entre eles o alto valor que norte-americanos tradicionalmente colocam na igualdade de oportunidades”.

O discurso de Yellen contou com muitos dados compilados pelo Fed e por outras fontes. Não era esperado que ela abrisse oportunidade para perguntas durante o evento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

16 comentários

  1. Turma preocupada com certeza

    Assis,

    Insinuar que a turma do FED está preocupada com as desigualdades de renda e de patrimônio é de um cinismo ímpar, deve ser uma pegadinha do faustão.

    As tais desigualdades se ampliaram significativamente a partir de 2009, pois o mercado permaneceu como já estava, bastante carente de regulação,as dezena de U$bilhões dos QE caíram integralmente no bolso da banca, que faz o que quer e bem entende nos diversos mercados , de commodities, moedas, etc…, uma roubalheira danada bem debaixo dos olhos da SEC – mais adiante, caso os bancões sejam pegos com a mão na massa, pagam uma grana sem reclamar e pronto, permanecem com instituição respeitável e voltam prá roubalheira diária.

     

  2. O desemprego está em processo

    O desemprego está em processo de redução considerável nos USA, mas o texto sinaliza que a distribuição de renda não parece seguir a mesma forte tendência da ocorrida no Brasil nos últimos anos.

    Vejam aí nos gráfiicos/mapas abaixo:

     

     

    Mais informações e dados sobre o desemprego Brasil x Outros Países x Mundo, e Mobilidade Social no Brasil nos links abaixo:

    . https://brasilfatosedados.wordpress.com/2014/10/14/emprego-e-desemprego-02-indice-de-desemprego-medio-indice-wb-brasil-x-uniao-europeia-eu-28-brasil-x-paises-ocde-brasil-x-estados-unidos-usa-evolucao-2004-2014/

    . https://brasilfatosedados.wordpress.com/2014/09/02/mobilidade-social-classes-sociais-e-economicas-ab-c-e-de-brasil-evolucao-nominal-e-proporcao-percentual-200320112013-populacao-total-governos-lula-e-dilma/

    • Desemprego

      Márcio,

      Gráficos são como páginas de papel, aceitam qualquer coisa.

      Fora do grande circuito, existe mais de um site mostrando a taxa de desemprego americano ainda na faixa dos 15%, assim como existem os lunáticos a estimar 23%. 

      De uns anos prá cá, a taxa oficial de Tio Sam padeceu da síndrome do patropi nas épocas da ditadura e da grande inflação, sofrendo aletrações para melhorar a fisionomia da distinta. Neste momento, em Miami são um milhão de desempregados, alguns deles a mendigar em sinais de trânsito, e nenhuma estatístca oficial mostra tamanho universo. Ainda existe gente morando no próprio carro, cidades quase fantasma, como Detroit que começa a dar sinal de vida, se uma pessoa ultrapassa x meses e não consegue trabalho, deixa de ser reconhecida como desempregada e passa a ser traço, ou seja, a taxa depende dos critérios a serem adotados. 

       

      • Alfredo,
        agradeço a sua

        Alfredo,

        agradeço a sua preocupação comigo, mas neste caso é desnecessária, pois os gráficos foram pesquisados, compilados e elaborados por mim mesmo, pois sou o dono do ‘Blog – Brasil – Fatos e Dados’ de onde se originam estes gráficos.

        As fontes oficiais, nacionais e internacionais, e com alta credibilidade, são listadas em cada gráfico e no blog em geral, inclusive com links das fontes de dados, de fácil acesso e prontas para serem conferidas.

        Ficarei honrado com sua visita, e caso ache algum erro nos mais de 200 gráficos lá presentes até o momento, e sobre os mais diversos temas sócio-econômicos brasileiros de 1940 até 2014, favor comentar nos posts referentes aos mesmos.

        De novo agradecendo sua atenção, e esperando sua visita e a dos demais que aqui nos leem, deixo aqui o link principal do ‘Brasil – Fatos e Dados’ para informação e conferência:

        – https://brasilfatosedados.wordpress.com/

        Abcs,

         

         

         

          • Muito obrigado, ATT!
            Isto nos

            Muito obrigado, ATT!

            Isto nos incentiva a continuar no trabalho desgastante no Blog, em tempo e energia, mas satisfatório em termos de estar ajudando modestamente a mais pessoas a se informarem melhor, e de uma maneira mais didática, e que alcançe o maior número de pessoas técnicamente leigas, e nos mais diversos temas abordados no mesmo.

            Agradeço de novo o apoio, e continue nos visitando, pois a intervalos regulares vamos postando novos temas, e atualizando os antigos, na medida do possível do meu tempo de horas vagas, já que trabalho sozinho no mesmo, desde a pesquisa, compilação de dados e elaboração dos gráficos / quadros.

            Abcs,

             

        • Sites estrangeiros

          Márcio,

          A minha observação não está intrinsecamente ligada aos gráficos, mas aos critérios de apuração que nortearam os dados apresentados pelos USA como oficiais.

          Assim como você, acompanho mais de um site estrangeiro relacionado a economia, e levo em consideração os comentários de diversos analistas, no caso, americanos off governo. Tais sites estão cansados de acertar em seus diagnósticos, não é possível ignorar.

          No seu lugar, eu faria igual, levaria em conta somente os dados oficiais. Quanto a ficar achando erro no trabalho dos outros, não me preocupo com isto, imagino ter sido mal interpretado.

          Quanto ao seu site, já consultei por mais de uma vez.

          Um abraço

          • Valeu Alfredo!
            Bem entendido

            Valeu Alfredo!

            Bem entendido agora.

            E obrigado pelas dicas.

            E continue nos visitando.

            O objetivo do ‘Blog Brasil Fatos e Dados’ é democratizar cada vez mais informações / dados, e também facilitar o entendimento rápido, e de maneira mais didática das mesmas para um maior público possível.

            Uma pequena contribuição para uma sociedade cada vez mais democrática no acesso às informações a que tem direito, para assim poder traçar e escolher os melhores caminhos para seu desenvolvimento social e econômico, de uma maneira sempre mais justa, solidária e rápida.

            Abcs,

             

             

             

  3. Extra pauta e bancos, ou bancos e extra pauta, melhor!

    Nassif, nosso blog, antes de agosto de 2012, postamos matéria de norte-americanos comendo ratos. Talvez não nativos, mas moradores sim! Os bancos, o fim, digo fmi, enfim, o sistema financeiro sobepujou os Estados Nacionais!

    Bem, agora postamos matéria da Agência Brasil, ssobre Curitiba, PF, lava jato, etc.

    Comentamos assim: Pode até, digamos, outros problemas, ou mesmo muito problemas, na nossa petroleira, mas que para a PF, é uma questão salarial e de tucanagem arraigada, nós temos dúvida alguma!
     

    Em: http://refazenda2010.blogspot.com.br/

  4. É impossível acabar com a

    É impossível acabar com a desigualdade no mundo.

       E muito nos E U A  aonde a briga por dinheiro e poder é pra cachorro grande.

             ”Sonho americano” é o lema deles. Mas pra atingir esse ”sonho” precisa massacrar e pisar numa montanha de pessoas  que ficam na beira do caminho.

                 Eu gosto disso? Evidente que não. Mas é assim que a vida funciona.

                 Inclususive de Janet Yelle

          Porque não começar por ela, doando parte de seu fabuloso salário oficial?

                       Seria um bom exemplo.

               O por fora, nem discuto.

  5. Os italianos falavam e “quiáquera” (não sei se assim escreve)

    Quer dizer conversa mole, cascata, lorota, enganação, falta de ter o que falar, etc. Os USA são o paraizo dos capitalistas extremados e que são os responsáveis pelo que está lá acontecendo. E vai piorar muito!

    Os bancos vão quebrar, novamente, mais uma vez, pois eles viram que quebrar dá um lucro danado. O governo americano imprimirá dolares e emprestará  a eles, com juros baixíssimos ou negativos, como foi da última vez. Daí ele compram letras do ou emprestam de outra maneira ao tesouro americano e ganham um spread que não é alto em percentagem , porem devido aos volumes de grana (quase chegam a Trilhão de dolares), o retorno é fantástico!

    BANDO DE PICARETAS E MENTIROSOS! Começaram a falar depois do livro do Piquety, colocando número e nomes no assunto. Para os usa mudarem algo, somente  se extras terrestes perigosos e armados, aparecerem na terra e  assim o exigirem!” 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome