Dívida brasileira foi a que menos cresceu

Por Sergio Rivero

Enquanto isso, no mundo real…

Tudo bem que a comparação é em percentual do PIB, o que faz com que a desigualdade dos resultados seja maior. Mas, essa desigualdade significa que nosso PIB encolheu muito menos que o deles e que a gente gastou proporcionalmente menos na crise.

Da Agência Estado

Dívida pública brasileira foi a que menos subiu entre os G-20, diz Meirelles

O presidente do BC destacou que países como os EUA e o Reino Unido registraram aumento substancial do passivo oficial

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado

SÃO PAULO – O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, destacou que o custo fiscal que o Brasil registrou em relação aos efeitos da crise internacional sobre o País foi bem baixo em comparação ao grupo das 20 nações que compõem o G-20. “O Brasil (registrou) o menor porcentual de aumento da dívida pública líquida em relação ao PIB (Produto Interno Bruto) entre todos os países do G-20”, destacou ele, em palestra numa solenidade realizada em São Paulo nesta terça-feira, 2, referindo-se aos impactos do credit crunch sobre a economia nacional.

Meirelles destacou que nos Estados Unidos a dívida pública estava em 40% do PIB antes da crise eclodir em 2008 e deve subir 30 pontos porcentuais e atingir 70% do PIB. Ele também citou que o Reino Unido é outro país que registrou aumento substancial do passivo oficial em função da crise financeira global.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora