Dólar tem queda após anúncio de cortes

Jornal GGN – Nesta segunda-feira, o dólar comercial recuou em relação ao real, um reflexo da expectativa do mercado com o pacote de corte de gastos e aumento de impostos anunciado pelo governo federal no intuito de atingir a meta de superávit primário estabelecida para 2016, de 0,7% do PIB.

O dólar comercial fechou o pregão em baixa de 1,52%, valendo R$ 3,81. O contrato futuro caiu 1,62%, indo para R$ 3,83.

A queda do dólar também foi motivada pela redução da expectativa para o aumento de juros nos Estados Unidos. Nesta semana, o Federal Reserve vai se reunir para tomar decisões sobre a política monetária nos EUA, que serão anunciadas na quinta-feira.

O pacote de medidas do governo prevê o corte de gastos obrigatórios e discricionários e também a elevação de alguns tributos, e devem somar um esforço fiscal de R$ 64,9 bilhões.

Do Valor

Dólar recua com anúncio de corte de gastos e alta de impostos

O dólar comercial fechou esta segunda-­feira em queda frente ao real, após dois pregões consecutivos de queda, refletindo a expectativa com o pacote de corte de gastos e aumento de tributos, anunciado hoje pelo governo na tentativa de entregar a meta de superávit primário de 0,7% do PIB estabelecida para 2016.

O movimento no mercado local ainda reflete a queda da moeda americana no exterior com a redução das apostas no aumento de juros nos Estados Unidos em setembro. O Federal Reserve (Fed) se reúne nesta semana para a decidir o rumo da política monetária nos EUA, cuja decisão será anunciada na quinta-­feira.

Leia mais

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora