Dos 11 setores do comércio, 10 registraram queda em novembro

Pelo gráfico se percebe que o Comércio ainda não recuperou os níveis pré-pandemia.

A imagem deste artigo mostra movimento em rua no centro de Manaus quando os comércios foram reaberturas durante a pandemia. (Foto: Bruno Kelly/Amazônia Real)

Sazonalmente, em novembro sempre ocorre um aumento de vendas em relação a outubro, decorrente das vendas de fim de ano. Essa melhoria pode passar a sensação enganosa de recuperação. Para corrigir esse viés, há as séries dessazonalizadas, que procura tirar esses efeitos sazonais das estatísticas.

Confira, na Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE,  o volume de venda do comércio, sem sazonalidade.

Em novembro, houve aumento de 0,5%, com 6 setores em alta e 5 em queda.

Quando se inclui a sazonalidade, o quadro fica assim: um setor em alta e 10 setores em queda. Em 12 meses não há o efeito sazonal. Em ambas séries há 7 setores em alta e 6 em queda.

Pelo gráfico se percebe que o Comércio ainda não recuperou os níveis pre-pandemia.

Por setor, houve os seguintes resultados:

Em relação a 2019, houve alta em Material de Construção, Veículos, Motocicletas, Outros artigos de uso pessoal e Artigos Farmacêuticos. E queda nos demais setores.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador