Texto que privatiza Eletrobras precisa ser aprovado até terça-feira

Depois de passar pelo Senado Federal com placar apertado, medida provisória será reavaliada pela Câmara; caso prazo estoure, MP perderá validade

Jornal GGN – O deputado federal Elmar Nascimento (DEM-BA) sinalizou que a proposta aprovada pelo Senado Federal sobre a privatização da Eletrobras deve ter o aval da Câmara já na segunda-feira.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Nascimento afirmou que o texto foi aperfeiçoado no Senado Federal, e que os deputados estão de acordo com as mudanças propostas.

O aval obtido em votação no Senado Federal só foi possível devido a pressões de bancadas estaduais, que levou a diversas mudanças na proposta original – o que devolveu o texto à Câmara.

Nascimento ressalta que o plano do governo Bolsonaro é privatizar a Eletrobras entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022, mas a proposta precisa do aval do Congresso até terça-feira (22/06), ou então o texto perderá sua validade. O governo projeta um gasto de aproximadamente R$ 60 bilhões com o processo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome