Fitch revisa previsão de queda do PIB do Brasil em 2016

Dados foram afetados pelo aumento da incerteza política e piora da confiança

Jornal GGN – A agência de classificação de risco Fitch Ratings revisou a estimativa de queda do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2016 de 2,5% para 3,5%, devido ao aumento da incerteza política e o seu impacto na confiança, deteriorando o mercado de trabalho e as condições de crédito.

A agência citou também o enfraquecimento do preço das commodities (produtos básicos com cotação internacional) como fator que afetou a economia brasileira. A previsão está em relatório sobre perspectivas para a economia global, que atualiza números publicados em dezembro.

A Fitch também mudou os prognósticos para a Rússia, de crescimento de 0,5% do PIB, estimado em dezembro, para queda de 1,5%. No caso dos Estados Unidos, a agência prevê crescimento de 2,1% em lugar do 2,5% anunciado anteriormente. Para a China, a previsão é crescimento do PIB, reduzida de 6,3% para 6,2%. Para a economia mundial, a agência projeta um crescimento de 2,5% do PIB, o mesmo patamar de 2015. 

 

 

(com Agência Brasil)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome