“Frentistas abandonaram Guedes”, diz Elio Gaspari

Em coluna, jornalista lembra que 19 servidores abandonaram a equipe do Ministério da Economia até o momento

Agência Brasil

Jornal GGN – A nova debandada de integrantes da equipe do Ministério da Economia é tema da coluna do jornalista Elio Gaspari na Folha de São Paulo deste domingo, lembrando que esta não foi a primeira saída em massa de servidores.

“Desde a posse do Posto Ipiranga, 19 frentistas já pediram o boné. Quase todos por terem percebido que estavam perdendo tempo ou queimando biografias”, afirma Gaspari em seu texto.

“Nenhum deles foi-se embora porque Guedes sofreu derrotas políticas, mas porque tendo-as sofrido, meteu-se numa aventura injetando cloroquina na sofrida economia nacional”, ressalta o articulista.

Na visão de Gaspari, Paulo Guedes “encantou-se” ao ver que as portas se abrem sozinhas para que o ministro possa passar – “e por essa porta dezenove se foram”.

Leia Também

Não está fácil para Guedes, pois Centrão o quer fora do Ministério da Economia

Cartão de Crédito contra Poupança, por Fernando Nogueira da Costa

Denúncia de uso político da Caixa por presidente do banco chega a TSE e MPE

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador