Inflação britânica cai 1,5% em maio e preocupa

Jornal GGN – A inflação britânica caiu mais do que o esperado em maio, uma mínima em quatro anos e meio: 1,5%, sobre 1,8% em abril, de acordo com a Agência Nacional de Estatísticas.

Os preços dos alimentos caíram e os efeitos da Páscoa tardia sobre os custos de viagem desapareceram. Tal efeito não ocorre desde aproximadamente outubro de 2009

No entanto, embora pareça pouco, os dados também mostraram que os preços das moradias subiram 9,9% em abril, o maior aumento anual desde junho de 2010,  intensificando as preocupações de uma bolha em formação no mercado imobiliário britânico.
 
O comitê de política financeira do banco central local deve se reunir nesta terça-feira (17) e são esperadas a adoção de medidas para conter os riscos à estabilidade financeira do rápido aumento dos preços das moradias e altos níveis de endividamento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora