Jornalismo de notas, a desmoralização da notícia

 
O jovem repórter de economia me escreve desanimado. É uma das grandes revelações do jovem jornalismo responsável. Meticuloso na apuração, cuidadoso nas deduções, tem o compromisso da informação correta em primeiro lugar.
 
Ontem, com os mercados ainda abertos, a seção Radar, de Veja, solta a nota irresponsável: “Levi redigiu cartão de demissão e se reunirá com Dilma”. O mercado explode, as redações enlouquecem, saem todos à cata da confirmação da notícia.
 
Levy chega de uma reunião com Dilma às 17:58 e entra no  elevador do Ministério, denotando enorme irritação. Seus assessores informam que está irritado com as pressões de Lula e do PT contra o ajuste fiscal, mas apenas isso. Não escreveu carta nenhuma e nem pensa em demissão.
 
Nem bem chega no seu gabinete e a mesma seção Radar solta outra nota – agora com os mercados já fechados: “Levy não entrega carta e permanece no cargo, mesmo insatisfeito”. Como se a primeira nota não fosse de sua autoria.
 
Para não ficar para trás, outros colunistas embarcam na onda e alimentam o caldeirão de boatos.
 
***
 
Voltemos ao jovem repórter: “Jornalismo não pode ser isso. Notas de dois parágrafos, uma atrás da outra, com informações desencontradas, falando a interesses de cada fonte”.
 
A malícia desse jornalismo fast food consiste em transformar em fato o boato que é meramente verossímil. Levy está insatisfeito? Sim. Pode sair? Pode. É o que basta para transformar o verossímil em fato acabado. Afinal, um dia aquela notícia ainda será verdadeira.
 
Daí o desabafo: “Você passa horas, dias em cima de coisas complexas, sofrendo pressão de todos os lados, para conseguir um pé de página.  E essa turminha do jornalismo de notas fast food ou das colunas idênticas fica desfilando boatos sem nenhum esforço de apuração”.
 
***
 
No mesmo dia, a coluna de Lauro Jardim em O Globo solta o boato de que o lobista Fernando Baiano – operador do PMDB – teria pago R$ 2 milhões para que um pecuarista amigo de Lula ajudasse a pagar as dívidas imobiliárias de uma nora de Lula.
 
Quando, onde, como e por quê não interessa. Não interessa sequer o nome da nora de Lula. Uma informação que. partindo de um jornalismo responsável, mudaria o curso da história, é transformado em uma nota de três linhas. 
 
Logo depois, outra nota afirmando que, basta conhecer a família de Lula para saber que a nora só poderia ser a esposa do Lulinha. Assim: ataque à honra de uma pessoa baseada nessa acurada apuração.
 
***
 
Fernando Baiano ficou meses sem aderir à delação premiada. No mesmo momento em que se fixa o dia para sua libertação, oferece a contrapartida que a Lava Jato solicita: qualquer coisa que envolva Lula e que não precise de comprovação futura, inclusive para não comprometer a validade da delação.
 
Afinal, será a palavra dele contra a do pecuarista. A informação não se transformará em inquérito, por ausência de provas, mas não comprometerá a delação. Afinal, os procuradores levam a sério o seu trabalho. E seu trabalho são  apenas os inquéritos e processos na forma de lei. Se os colunistas não levam a sério o seu trabalho, problema deles e dos jornalistas que, trabalhando seriamente, assistem o jornalismo soçobrar.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

82 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

will

- 2015-10-20 00:37:33

Existe todo uma arquitetura diabólica
Que vai da semiótica até mentiras . As manchetometrô é o exemplo cuspido e escarrado disso. O que o PiG diz sobre a oposição é só pra cumprir tabela, ou pra inglês ver.

Maria Silva

- 2015-10-19 21:46:22

Sory

Depois que o golpe do PSDB gorou, os "retradados on line" vieram infernizar o blog do Nassif. Haja paciencia meus deuses ...

Sued Lima

- 2015-10-19 21:29:03

Português

Cuidado! A expressão "houverem jornalistas" deve ser usado quando forem mais de cem profissionais de imprensa...

J

- 2015-10-19 19:34:10

Jornalismo e empresas familiares

O jornalismo não morre, enquanto houverem jornalistas. Já as empresas de mídia, morrem, ou se tornam cada vez menos relevantes. Essas empresas, enquanto dominantes do jornalismo de massa,tornaram defunto o jornalismo que produzem, a escorrer o famoso necrochorume. Como dominantes, ou mainstream, dão a impressão que o próprio jornalismo perece. Mas quando abrirem espaço pelo seu definhar, o vácuo será prontamente preenchido por uma infinidade de entidades jornalísticas, que experimentam e ocupam vários nichos, mas que poderão abocanhar fatias bem maiores de publicidade e público leitor / audiência. A seleção natural fará o resto. Mas vários veículos já se posicionam de forma diferenciada. Esta próxima década, a terminar em 2025, verá implosões e eclosões. E uma completa reordenação tecnológica e de segmentos.

Rchiavennato

- 2015-10-19 18:01:26

Ok

Good point. Obrigado por responder de forma civilizada. Abs

Fernandox

- 2015-10-19 16:40:07

Simples...

Muito simples. Porque nas notícias sobre o Cunha as fontes são citadas claramente, e não na base do "fulano de tal disse que beltrano teria infomado que..."

sergio ribeiro

- 2015-10-19 13:38:57

Torço pela falência de toda essa imprensa marrom

Não fariam a menor falta; pelo contrário, desanuviariam o ambiente.

Imprensa brasileira de hoje lembra mais minhas vizinhas fofoqueiras, que viviam maldizendo os filhos dos outros e fechando os olhos hipocritamente para as mancadas dos próprios.

Rchiavennato

- 2015-10-19 13:27:34


Por que as notícias que saem no "novo jornalismo fast food" contra o Eduardo Cunha não são consideradas irresponsáveis e vazamentos "pérfidos"? Na boa, favor responder... Ademais, favor não partir para a ignorância ou "ingnoransa"....

Cafezá

- 2015-10-18 18:59:06

Quais as semelhanças e

Quais as semelhanças e diferenças entre as notinhas fast food do "jornalista" Lauro Jardim e os envelopes do pastor Malafaia?

As semelhanças são evidentes, conforme se vê no vídeo abaixo. Visam o mesmo tipo de público, com uma única diferença. Enquanto Lauro Jardim se dirige a um público específico de uma revista de quinta categoria, induzindo seus leitores a um entendimento equivocado sobre os acontecimentos e o quotidiano do país e transformando-os num curral eleitoral de políticos golpistas; Malafaia age de forma quase idêntica, seu intento é criar um rebanho de ovelhas cada vez maior, tosquiando-as e assim retirando delas aquilo que o interessa exclusivamente: seus bens materiais. As mentes das vítimas de Lauro Jardim e de Malafaia sofrem o mesmo processo de desconstrução, com o fim de serem manuseadas e tangidas numa mesma marcha, a da ignorância, que visa torná-las dóceis e presas fáceis de suas lambidas. Esses dois são monstros comedores de cérebros entorpecidos.

https://www.facebook.com/marcusniemeyer/videos/643312049138057/?fref=nf

Obs.: Lauro Jardim saiu da revista Veja. Agora está no "O Globo", o que não muda nada.

Jadir Rocha

- 2015-10-18 18:56:30

Eu, também, não leio mais

Eu, também, não leio mais jornais como: Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, revistas: Veja, Istoé, Jornal o Globo. Todos, os citados estão uma porcaria.  .

j.marcelo

- 2015-10-18 16:58:19

CADÊ MEU COMENTÁRIO
CADÊ MEU COMENTÁRIO DE SABADO? SACANAGEM!!

titus

- 2015-10-18 16:50:37

exato JB

exatamente! estes meios estao interligados facil ver e so ler que dizem em todos os paises latino americanos que a midia privada copiam uns dos outros e os pseudos jornalistas que so copiam os meios americanos(norte)

titus

- 2015-10-18 16:09:17

deveriam imitar o mestre
http://independenciasulamericana.com.br/2015/10/dilma-lula-controle-estatal-do-credito/

gardenal

- 2015-10-18 11:28:25

Leitores desses "jornalistas"

Leitores desses "jornalistas" adoram esse tipo de factóide. Curtem como ninguém uma GRAVIDEZ INTESTINAL.

taturanous

- 2015-10-18 02:44:29

o tal

Boris faz jornalismo ordinario todas as noites

Nisio

- 2015-10-18 02:05:55

Crime de especulação e manipulação do mercado financeiro

Já passou da hora do MP e PF ir atrás desta corja que escrevem estas bobagens para  servir a interesses espúrios dos especuladores e manipuladores do mercado financeiro, com sérios prejuízos ao Brasil.

Leonardo Koppes

- 2015-10-18 01:38:13

É cada tapado que aparece

É cada tapado que aparece nesses fóruns...

Leonardo Koppes

- 2015-10-18 01:38:11

É cada tapado que aparece

É cada tapado que aparece nesses fóruns...

MarFig

- 2015-10-17 23:12:49

O leitor do PIG não está nem

O leitor do PIG não está nem aí pra verdade, ele gosta é de fofocas pra despejar no seu FasciBurro para os amigos e parentes, que no fundo devem achá-lo o maior mala.

 

Maria José dos Santos Rêgo

- 2015-10-17 21:56:22

E para o Cunha e o Aécio,

E para o Cunha e o Aécio, também quer saber?

Miguel A. E. Corgosinho

- 2015-10-17 21:55:31

       
    Foto de Marcelo Rodrigues. Foto de Mara Martins.

 

Ulisses s

- 2015-10-17 21:53:35

Pela opinião do comentarista

O verbo "PODE" virou verdade. Ou o rapaz faltou a aulas de portugues ou é um analfabeto funcional. O verbo PODE também é utilizado no "PODE NÃO" .No pode ser ou não verdade, se eu delatar que você pode estar envolvido até o rabo nas falcatruas , todo vão entender que você é corrupto? E aí, a honra de você e sua família é a menor de suas preocupações? 

observador1

- 2015-10-17 21:48:46

Porre de alexander ou porrete tucano?

Nassif, um cirurgião que "exagera" e extirpa o apêndice juntamente com o intestino grosso, deixando o abdômen contaminado e o paciente com peritonite aguda fatal tem todo o direito de dizer que "trapalhadas" não merecem punição e não é um simples óbito que há de torna-lo culpado. O mesmo vale para o policial que à beira da creche exagera com sua arma e metralha algumas criancinhas e assim por diante. Se não bastasse o conselho de fazer uma reflexão "pessoal" - como se houvesse impessoalidade coletiva no ato -, o "muito estúpido" comentarista redime a Beócia grega ao criticá-lo pelo uso de fatos reais em seu ofício, "puro desserviço e falta de senso de realidade". E ainda por cima insiste em ser chamado de mera combinação de licor de cacau com conhaque e creme de leite, quando não passa dessa beberagem do momento, extrato hitlerista mesclado de gosma mussolínica embebida em pleonasmo fecal de suposta inocência casual...

ricardoaraxa

- 2015-10-17 21:22:37

Que mundo voce vive cara?

Que mundo voce vive cara? Globo apoia o governo? O dia inteiro,todos dias da semana.eles difamando o governo,o pt,o lula,e voce com essa conversa mole.

Miguel A. E. Corgosinho

- 2015-10-17 21:17:00

Estamos debaixo da mentoria

Estamos debaixo da mentoria dos estrangeiros.

Temos muitas riquezas e não é lícito possuí-las sem endividamento externo

A hipocrisia dos economistas se assenta em muitos não e impossíveis. 

A desmoralização (de valores) rompe-se pelo meio jornalistico: A crise é de valor.

Nota: Um país vende, com aprendizes, o intermédio de partir valores entre a razão e a consciência das sociedades

Outros poderes contraditam o valor escrito no dinheiro para não o enviarmos sobre a unidade que o trabalho o põe num painel para circular a própria história.

Mas ficou deserta a moralidade na reconstituição fiscal.

Tomemos nós outros esse encargo de tirar do homem esta mente escravizada.

Não está acima da capacidade humana o nível do seu valor ir ter a força do trabalho.

Esse valor exterior que foi assunto ao câmbio virá como o viste subir ao norte.

Assim como dista uma jornada de um dia de trabalho, o valor irá preencher a vaga que dimensiona o lugar do homem no tempo.

ricardoaraxa

- 2015-10-17 21:16:10

Para o LULA e familia

Para o LULA e familia nao,agora pro aecio foi 150000 dolares mensais.OK.

kalifa

- 2015-10-17 21:10:53

Insatisfeirto

Por essas e por outras é que aprendi a ler jornal como:Pravda, iveztia tovima ta-nea corriere della sera le mon el mundo clarin aljazira e alguns outros!Se o jornalismo séria quizer ter-me como um de seus assinantes terá que dar notícia....opinião formo eu!

Nobre

- 2015-10-17 21:10:34

Luis Nassif, não está defendo

Luis Nassif, não está defendo a CORRUPÇÃO, ele está buscando defender o jornalismo com autencidade, com responsabilidade, tem muitos jovens jornalistas querendo se promover a qualquer custo produzindo fatos inveridicos. Eles jogam fora todo seu potencial de CARÁTER.

Marcos A. S. Almeida

- 2015-10-17 20:33:53

Sobre notas

Primeiramente quero deixar claro o meu descontentamento com esse jornalimo de "notas" , não porque elas não sejam verificadas , acredito firmemente que sim, mas por se tratar de mais um sintoma de que grandes textos estão prestes a morrer por conta de uma geração que não gosta de ler - e consequentemente não sabe escrever.Daí a popularização das notas.

Agora, você já se deu conta de que o descrito na nota do Radar pode realmente ter ocorrido? E quanto ao envolvimento da "nora" , a honra dela foi maculada no momento em que ela se envolveu - ou se deixou envolver - em negociatas desse naipe.A menor das preocupações dela , nesse momento, é com a honra.

azzisem

- 2015-10-17 20:01:06

"Cupinizaram" o Congresso foi

"Cupinizaram" o Congresso foi ótimo de sua. Mas você poderia falar que o PT deflorou o Congresso. Tínhamos um monte de virgens, que foram deflorada pelo PT. Já que a compra da reeleição foi só nas coxinhas. É cada um que aparece.... 

Antônio - Minas Gerais

- 2015-10-17 19:43:53

Jornalistas?

Lauro Jardim é jornalista? Uai, pensei que fosse colunista do crime organizado.

Júlio Cesar Degl Iesposti

- 2015-10-17 19:07:58

jornalismo de notas, na coluna de Luiz Nassif

Esse tipo de jornalismo fast foood é o retrato de uma cultura do descartável, baseado nos valores (ou inversão) da sociedade do espetáculo. É a evidência de que a imprensa se rendeu a um sistema financeiro baseado na especulação e não em fundamentos sólidos, éticos e responsáveis...

Jamil Haidar Filho

- 2015-10-17 19:03:32

Gibi da Monica

Tm um pessoal que ultimamente está preferindo lêr o Gibi da Monica........pelo menos no gibi não denuncia nenhum roubo dessa quadrilha que continua assaltando o povo brasileiro.......se eu fosse petralha só lia o Gibi da Monica......e de vez em quando os Irmãos Metralhas para não ficar sem treino...........

Jamil Haidar Filho

- 2015-10-17 18:59:03

O problema......

Eu tambem concordo com vcs......acho que deveriam botar na cadeia todos esses jornalistas que ficam difamando essas pessoas tão honestas com o Lula e o Lulinha, homens de bem que construiram suas vidas através do furto de seu trabalho......onde já se viu pessoas que só pensam no bem do Brasil estarem sendo perseguidos pela midia.......esses jornalistas deveriam ser presos e julgados .........não podem denegrir a imagem desses homens de bem.......veja o exemplo do "guerreiro do povo brasileiro" José Dirceu, continua preso injustamente, um homem que só pensa no bem do Brasil......eu acho que Lula, Zé Dirceu, Lulinha,deveriam ser canonizados pelo papa Francisco......

jose antonio santosj

- 2015-10-17 18:26:56

ai esta uma pedida, Vera

Estou mesmo precisando Lima Barreto, e voce me deu mais um motivo.

grato.

Quanto ao jornalismo que se pratica por estas bandas, não me dou mais au trabalho de me aborrecer.

Sabe quando não tem mais salvação!!!. Já morreu,só está aqui como um zumbi para nos azarar.

CBarrosC

- 2015-10-17 18:11:18

Hilário Jardim

Nassif, você esqueceu que Hilário Jardim na realidade soltou duas notas em O Globo. Na primeira, disse que o tal empresário informou a ele(Fernano Baiano) que o dinheiro SERIA para o filho do Lula.No dia seguinte corrigiu dizendo que na realidade o inheiro SERIA repassado à nora o Lula, ou seja, Hilário no fundo ´um palhaço. Cadê a Lei de Imprensa?

Julinho Roberto

- 2015-10-17 18:05:28

A Globo parece uma

A Globo parece uma unanimidade negativa: desagrada a gregos e troianos. São incontáveis os simpatizantes da esquerda que enxergam nela uma força golpista contra o PT. Ao mesmo tempo, as pessoas que adorariam ver os membros do PT na cadeia acusam a Globo de não se posicionar devidamente contra o governo. O fato é que a Globo, não fez com a Dilma o tipo de jornalismo que fez na época do Collor. Se isso tivesse acontecido, ela possivelmente não teria sido eleita em 2010 nem muito menos reeleita agora. E o Lula estaria preso. Na minha opinião, a Globo está do lado do vencedor, seja ele petista, coxinha, mafioso, inca venusiano ou torcedor do Tabajara FC.

Julinho Roberto

- 2015-10-17 18:05:27

A Globo parece uma

A Globo parece uma unanimidade negativa: desagrada a gregos e troianos. São incontáveis os simpatizantes da esquerda que enxergam nela uma força golpista contra o PT. Ao mesmo tempo, as pessoas que adorariam ver os membros do PT na cadeia acusam a Globo de não se posicionar devidamente contra o governo. O fato é que a Globo, não fez com a Dilma o tipo de jornalismo que fez na época do Collor. Se isso tivesse acontecido, ela possivelmente não teria sido eleita em 2010 nem muito menos reeleita agora. E o Lula estaria preso. Na minha opinião, a Globo está do lado do vencedor, seja ele petista, coxinha, mafioso, inca venusiano ou torcedor do Tabajara FC.

carlos alberto r c filho

- 2015-10-17 17:49:15

jornalismo ilicito

É por isso que essas revistas vão acabar como a playboy, vão minguar ate se acabar,mandam email para mim com 01mes de assinatura grátis e eu não quero nem de graça, falta de etica e jornalismo licito, se esse jovem jornalista for idoneo, não tem futuro, haja visto em Minas Gerais onde um colunista falar mau do governo Aecio é mandado embora na mesma semana, assim faz com que os outros jornalistas tem medo de perder o emprego e isso ocorre no Brasil inteiro.

Alexander

- 2015-10-17 17:43:36

A Ansia de defender o indefensável

De fato, é verdade que nossa imprensa exagera muitas coisas na hora de publicar.

Mas exageros acontecem e existem em todas as profissões.

Agora o que fica claro em todas as suas colunas - e isso é inegável - é o talento que você tem em usar fatos reais para disseminar o seu amor incontrolável por essa quadrilha que está assolando o nosso país.

Faça uma reflexão pessoal e observe que ficar nesse desespero incontrolável que você tem em defender esses beócios quadrilheiros e ladrões que "cupinizaram" o congresso nacional é muito mais danoso do que essas trapalhadas que as vezes nossa imprensa comete, porque o que você comete, é puro desserviço e falta de senso de realidade.

Marcio Abreu

- 2015-10-17 17:40:38

Parabéns pelo texto

Lindo texto. 

 

Seria uma pena se...

 

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,levy-reclama-de-fogo-amigo-e-deve-deixar-a-fazenda--imp-,1781336

Weyll

- 2015-10-17 17:23:34

O que é mais incrivel é que

O que é mais incrivel é que ainda existem idiotas que se guiam por Veja

Roberto Monteiro

- 2015-10-17 17:14:22

Se investigam os teus bens, os meus bens,

imagina os do Lula! Apenas isso. Cada uma!

Julinho Roberto

- 2015-10-17 17:04:43

Eu quero saber é se os

Eu quero saber é se os empreiteiros pagaram algo pro Lula e pra família dele. 

Julinho Roberto

- 2015-10-17 17:04:42

Eu quero saber é se os

Eu quero saber é se os empreiteiros pagaram algo pro Lula e pra família dele. 

mz

- 2015-10-17 16:57:36

 Nassif,  acho oportuno

 Nassif, 

acho oportuno divulgar o código de ética dos Jornalistas Brasileiros . Tentei copiar e colar, mas o formato não ficou bom.  

A introdução:

Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros

Capítulo I - Do direito à informação

Art. 1º O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros tem como base o direito fundamental do cidadão à informação, que abrange direito de informar, de ser informado e de ter acesso à informação.

Art. 2º Como o acesso à informação de relevante interesse público é um direito fundamental, os jornalistas não podem admitir que ele seja impedido por nenhum tipo de interesse, razão por que:

I - a divulgação da informação precisa e correta é dever dos meios de comunicação e deve ser cumprida independentemente da linha política de seus proprietários e/ou diretores ou da natureza econômica de suas empresas; II - a produção e a divulgação da informação devem se pautar pela veracidade dos fatos e ter por finalidade o interesse público;

III - a liberdade de imprensa, direito e pressuposto do exercício do jornalismo, implica compromisso com a responsabilidade social inerente à profissão;

IV - a prestação de informações pelas organizações públicas e privadas, incluindo as nãogovernamentais, deve ser considerada uma obrigação social;

V - a obstrução direta ou indireta à livre divulgação da informação, a aplicação de censura e a indução à autocensura são delitos contra a sociedade, devendo ser denunciadas à comissão de ética competente, garantido o sigilo do denunciante.

 

Luciano GM

- 2015-10-17 16:56:22

Mercado de ações e furos.

Alguém ganha com isso. Quem vende na alta e compra na baixa.

J Claudio

- 2015-10-17 16:31:34

A desmoralização da notícia

A desmoralização da notícia para desmoralizar os seus desafetos, isso tem nome: Má Fé, simples assim.

Pedro Minetti

- 2015-10-17 16:15:27

Considerando a soma enorme de

Considerando a soma enorme de valores que trocam de mãos como consequência da especulação financeira que gira em torno desse tipo de "jornalismo", sempre haverá emprego para pessoas como Lauro Jardim.

Alex Ribeiro

- 2015-10-17 16:03:05

Muito Bom!

Realmente, no Brasil a imprensa esta suja e podre. Ainda mais quando defendem bandidos e retrucam acusando outros e nunca assumem seus erros e roubos. Assim como disse o homem mais malandro do Brasil: "A Dilma roubou, mas roubou por causa do bolsa familia! ! 

Vcs me enojam, corja de lixo e bandidos.

P.s: Claro que meu comentário sera retirado, por que aqui é uma "democracia".

Lixo!

JB Costa

- 2015-10-17 15:59:18

Não esqueçamos jamais que só

Não esqueçamos jamais que só existe esse "jornalismo de notas" porque há uma editoria atrás coonestando-as, mas, e principalmente, mais lá atrás tem os barões da mídia insuflando a ambos com seu "silêncio" e passividade. 

Aliás, nada me obriga a não pensar que seja incentivado esse modus operandi. 

wanildo alves

- 2015-10-17 15:52:35

SE ESSAS NOTINHAS SAIREM NO PIG/ESTAREI SEMPRE COM UM PÉ ATRÁS.

Quando vejo alguma notinha com segundas intenções no PIG, faço um plágio de uma frase que captei na rede social: SE SAIU NO PIG, DESCONFIE!, SE ACREDITAR, RELINCHE!

PHOC

- 2015-10-17 15:49:29

O jornalismo na UTI...

No atual jornalismo de notas praticado pela midiazona de claro matizes golpista, outrora veladamente hoje descaradamente, tudo é meticulosamente calculadao e premeditado, da colocação de uma vírgula ao tema, cada palavra tem o objetivo único de atingir o governo federal, ampliando exaustivamente seus erros e sonegando a informação dos acertos e realizações, concordo com você Nassif, esses pseudos jornalistas estão pondo o jornalismo  nobre e honesto na UTI, quem perde é o Brasil...

Alexandre Weber - Santos -SP

- 2015-10-17 15:47:14

É o Lobo! É o Lobo.... e assim a Globo não é mais a mesma

Houve época em que a Globo punha e tirava presidente. Houve... não existe mais. A internet dando vóz a milhares de comentaristas, inclusive eu, acabou com esta mamata.

Não é à toa que querem por que querem estabelecer a censura na net.

A notícia agora chega por todos os lados, é o grupo do Whatwap, é o Twitter seja no facebook ou no G+, não interessa a fonte, ela vêm crua e nua, sem tratamento, cabendo a quem a recebe concluir sobre sua relevância ou não.

Os posts do Armstrong que trago ao blog não me deixam mentindo sozinho nesta.

EJ

- 2015-10-17 15:46:40

Reação

Processar somente não resolve a meu ver, Adma, além de serem necessários recursos financeiros dos acusados para contratação de advogados e, ainda, esperar justiça por parte de juizes, às vezes lenientes com a mídia, sob os mais variados argumentos. A solução ideal, da parte do governo também atacado, seria pura e simplesmente suspender a alimentação da mídia com as polpudas verbas de propaganda.

Alexander

- 2015-10-17 15:45:50

O que parece pra valer, é que

O que parece pra valer, é que é isso mesmo, Moraes.

Sabem exatamente o que estão fazendo.

PHOC

- 2015-10-17 15:45:09

A agonizante morte do jornalismo

No atual jornalismo de notas praticado pela midiazona de claro matizes golpista, outrora veladamente hoje descaradamente, tudo é meticulosamente calculadao e premeditado, da colocação de uma vírgula ao tema, cada palavra tem o objetivo único de atingir o governo federal, ampliando exaustivamente seus erros e sonegando a informação dos acertos e realizações, concordo com você Nassif, esses pseudos jornalistas estão pondo o jornalismo  nobre e honesto na UTI, quem perde é o Brasil...

José Ayres Lopes

- 2015-10-17 15:40:12

Mas apenas isto...

"Seus assessores informam que está  irritado com as pressões do Lula e do PT contra o plano de ajuste fiscal, mas apenas isto."

O Nassif se supera a cada dia!

 

taturanous

- 2015-10-17 15:32:26

isso e uma vergonha,tens moral ...

[video:https://www.youtube.com/watch?v=0H9znNpeFao]

marcus lima

- 2015-10-17 15:13:18

Jornalismo do quanto pior melhor !!

Bom dia a todos , eu acredito fielmente que no Brasil e não só no Brasil mais na maioria dos Países Democraticos a Imprensa tem um papel fundamental na Consolidação da Democracia ,mais aqui a coisa chega a ser fedida e podre pois a imprensa ou grande parte dela e dentenciosa a seus proprios interesses , aqui o que parece e que para a maioria da imprensa golpista e podre o quanto pior melhor , claro que a imprensa tem que ter total liberdade para buscar a verdade e publica las , mais aqui no Brasil ela ve quem paga mais ou qual o melhor para seus conglomerados e não o que é melhor para o País , os fatos nem sempre ou em sua maioria não são comprovados , temos vistos varios ERROS da imprensa principalmente as ligadas aos grandes grupos da midia . A grande massa brasileira e facil de se manipular e levada ao erro por jornalistas corruptos e bandidos , mais sempre há esperança e acredito que com o passar das decadas de democracia a imprensa e os jornalistas iram aprender que a verdade compravada antes de se divulgar e o melhor remedio para uma solida democracia . 

marcus lima

- 2015-10-17 15:12:38

Jornalismo do quanto pior melhor !!

Bom dia a todos , eu acredito fielmente que no Brasil e não só no Brasil mais na maioria dos Países Democraticos a Imprensa tem um papel fundamental na Consolidação da Democracia ,mais aqui a coisa chega a ser fedida e podre pois a imprensa ou grande parte dela e dentenciosa a seus proprios interesses , aqui o que parece e que para a maioria da imprensa golpista e podre o quanto pior melhor , claro que a imprensa tem que ter total liberdade para buscar a verdade e publica las , mais aqui no Brasil ela ve quem paga mais ou qual o melhor para seus conglomerados e não o que é melhor para o País , os fatos nem sempre ou em sua maioria não são comprovados , temos vistos varios ERROS da imprensa principalmente as ligadas aos grandes grupos da midia . A grande massa brasileira e facil de se manipular e levada ao erro por jornalistas corruptos e bandidos , mais sempre há esperança e acredito que com o passar das decadas de democracia a imprensa e os jornalistas iram aprender que a verdade compravada antes de se divulgar e o melhor remedio para uma solida democracia . 

Esmael Leite da Silva

- 2015-10-17 15:07:49

Artigo bastante interessantem

Artigo bastante interessantem simples mas contundente e responsável, prezado Luis nassif e leitores desta coluna, é este mesmo o objetivo desta maculada imprensa, eles não tem o objetivo de informar mas de levar o foco das pessoas aonde querem, o que chamamos de manipulação, por exemplo: Até agora ninguém falou sobre a continuidade de Eduardo Cunha no PMDB, porque estas relações institucionais não foram escancaradas? Porque o Vice Presidente Michel Temer não deu nenhuma declaração a respeito? Porque nenhum jornalista faz a pergunta sobre quando ele vai ser expulso do PMDB? A quem interessa este silêncio sobre estas questões?, é assim que funciona, a "grande mídia" manipula a todos, inclusive aos bons jornalistas, que deixam de ter um olhar crítico e independente, voces estão sendo pautados, acho que é este o jargão na imprensa e eles sabem disto.

Moraes

- 2015-10-17 14:43:39

Nao tem nada de

Nao tem nada de "irresponsavel" nesse comportamento dos "jornalistas". Nem se trata de descuido. Não é quie eles tratem seu trabalho sem seriedade. O que precisamos entender é o que eles entendem por "seu trabalho". O que eles fazem é calculado, tem objetivos bem definidos. Não tem nada gratuito e "indevido" no que esses caras fazem. É o jogo.

Ruy Teixeira

- 2015-10-17 14:39:18

concordo, apenas acho...

Que deveriam investigar os bens da familia Lula porque os meus eles adoram investigar.

Adma Andrade Viegas

- 2015-10-17 14:34:07

Mas a reação, ainda que

Mas a reação, ainda que tardia, está acontecendo. Lula está processando seus caluniadores e seu filho Fábio Luís vai fazer o mesmo com Lauro Jardim.

Bisewski

- 2015-10-17 14:25:58

O problema maior que tudo

O problema maior que tudo isso, na minha humilde opinião Francisco, é a impunidade desses meios de comunicação. Nunca acreditei na totalidade da liberdade de expressão por que ela deve ser pautada pela responsabilidade. Não acredito que outros países sejam ou tenham pessoas mais comprometidas. Acho que existem leis que valem para todos e um sistema desobstruído, rápido e lubrificado.  Quando uma Eliana Tranchesi, dona da Daslu fica menos de 24 horas presa e sai com Habeas Corpus depois de cometer crimes fiscais que somavam 1bi e outra menina com retardamento mental fica um ano presa por roubar um shampoo de 24 reais e tem todos os pedidos de HC negados e ainda fica cega de um olho, aí vemos o problema de impunidade em nosso país. E a mídia está se deleitando em cima disso, afinal de contas, quem se opõe é taxado de "censurador" assim como anos atrás qualquer um de esquerda era comunista. A tal notícia de que Lula estava salvando Cunha, isso deveria ter intervenção judicial imediata, afinal, uma mentira dessas muda a história, derruba governos, desestabiliza economias...Mas e aí, qual foi a resposta? Uma notinha do Lula no Instituto Lula e outra notinha no site do PT. De repente rola um processo que terá resposta daqui uns 10 anos. E para isso eu não vejo horizonte, eu não sei quem ou como poderia mudar isso a curto prazo...A verdade é bem simples de ser exposta, "está nojento" Passou todos os limites.

vera lucia venturini

- 2015-10-17 14:16:35

Para conhecer a imprensa

Para conhecer a imprensa brasileira recomendo a leitura do livro de Lima Barreto  "Recordações do Escrivão isaias Caminha". Lima Barreto, que era jornalista, descreve com precisão os opinativos mervais , os acadêmicos magnolis e villas, os sensacionalistas metidos a intelectuais mainardis e azevedos, os notistas jardins e magalhães,os puxa sacos noblats e os cretinos puro sangue (não que os outros padeçam dessa característica) sheherazades do jornalismo brasileiro. Todos unidos por dois traços comuns: o puxa saquismo e a submissão aos patrões. Porque se lhes tiram o emprego não existem como pessoas e profissionais. A não ser que consigam um boquinha junto aos políticos e corruptos que criticavam antes.

Com um detalhe: o livro foi escrito em 1908 e o jornal em que Isaías trabalha chama-se O Globo.

Eu só lamento estar lendo esse livro só agora. Tivesse lido antes não me deixaria iludir pela imprensa livre e virtuosa durante tantos anos.

Fernando Novo

- 2015-10-17 13:55:11

Fritura.

Bem, eu também "acho" que muitas destas notas são apenas boatos e manipulação, venham de que lado for, mas "afirmar" que são boatos é apenas mais um boato. Lógica simples, é impossível afirmar que uma nota é um boato sem desmentí-lo com "provas". Raramente jornalistas apresentem provas, no entanto afirmam ser falsa uma ou outra nota. Ora, provas, isso é coisa da polícia e da justiça, a seara do jornalismo é a credibilidade. Vejam desta forma:

“Levi redigiu cartão de demissão e se reunirá com Dilma”… “Levy não entrega carta e permanece no cargo, mesmo insatisfeito”. Não há contradição nenhuma aqui, mesmo assim ainda "acho" que é um boato.

“…Não escreveu carta nenhuma e nem pensa em demissão…”. Baseado em qual informação se afirma isto? Coisa da Mãe Dinah? Então pode ser boato, mas eu não "acho" que é não... 

E a delação premiada do Baiano nada vale se não gerar provas que façam a investigação avançar, logo, é um boato afirmar o contrário.

Viviane M

- 2015-10-17 13:53:55

Mais respeito com o gibi, por favor!

"Turma da Monica", pelo menos, diverte as crianças...

Tarcísio Reinehr

- 2015-10-17 13:51:31

Jornalismo inescrupuloso

Com a ajuda da poderosa "Plim plim", acabou-se com o Diploma de Jornalista. Ora, porque ter que cooptar um JORNALISTA, demovê-lo de sua ética, dos seus conhecimentos catedráticos, da sua perspicaz busca por NOTÍCIAS (verdadeiras), se pode-se juntar qualquer criatura e que nem necessita ser coopatada, para PLANTAR "notícias" que interessam à alguns, menos para o país e para o povo?  

Paulo Dantas

- 2015-10-17 13:37:41

Depois que ...

Depois que o Le Monde embarcou na Ana Hickman piloto de caça russa dá para afirmar que o jornalismo morreu.

joao correia

- 2015-10-17 13:35:31

Concordo com o comentãrio,

Concordo com o comentãrio, parabens

 

joao correia

- 2015-10-17 13:34:14

O globo ainda assino , a veja

O globo ainda assino , a veja deixei de fazelo ha +de 10 anos,  voce tem razao .

 

De Paula

- 2015-10-17 13:28:01

A origem do ódio cego da

A origem do ódio cego da mídia está no umbigo de seus donos; o que os leva  a um  sistemático desvio de foco para inimigos forjados. 

sergio martins pinto

- 2015-10-17 13:26:04

Essa maioria deve acreditar

Essa maioria deve acreditar que pensar dói. Melhor acreditar em tudo que a mídia propaga., sem questionar. Isso aliado ao desconhecimento total da história política do país, digamos a partir de 1950. Sorte da casa grande.

EJ

- 2015-10-17 12:50:45

Ventilador

Parece que jogaram no ventilador, Emerson57, porque a opinião publicada, sem reação, está pouco a pouco se generalizando. 

Ugo

- 2015-10-17 12:37:35

bom caminho

Lauro Jardim depois de afundar a toda mentirosa veja, em nova empreitada vai acabar com a ex toda poderosa globo.

Este cara é o quinta coluna?

emerson57

- 2015-10-17 12:35:26

é proibido soltar balões

O pior é o estrago que essas notinhas fazem nas cabeças dos midiotas.

Não lamento por eles, própriamente. Até porque os zumbis, aqui em Santos, são maioria, estão por toda parte.

Mas sim pelas nossas caixas de email, pelos feicibukis, pelos tuites, pelos zaps que vivem entulhados dessa "caca".

Nas filas de banco, caixas de supermercados, elevadores, salas de espera, buzões, onde sempre tem um "candidato" repercutindo sem parar esses bordões "foura pete e anticorrupissaum".

Keep calm porque seu ouvido já virou penico! 

 

 

 

 

[email protected]

- 2015-10-17 12:32:58

Atraso, Incompetência e Bandidagem, Hereditárias

Na verdade, o calunista tinha sido manchete no O Globo, sobre a mesma notícia, mas com "Lulinha" por alvo. Na quinta-feira passada, o JN renovou, agora com a "nora de Lula" e Jardim, na sexta-feira, acertou o roteiro complementando que "a nora" é a "esposa de Lulinha", pois só pode ser, segundo conhecidos. Enquanto isso, o filho caluniado de Lula vai judicialmente para cima e as manchetes não dão frutinhos e os demolidores da moral alheia, escafedem-se como se nenhum crime tivessem cometido, na missão de caçarem Lula, custe o que custar. Que beleza de justiça, mídia e país é esse, estorquido por uma elite do atraso, da incompetência e da bandidagem, hereditárias.   

EduardoR

- 2015-10-17 12:30:45

É o cúmulo...

O cúmulo do absrudo levarem tão a sério essas notas, principalmente desta tal Vera Magalhães.

Ela, Vera, é para políticos/banqueiros a mesma coisa que a Fabilo Raipert é para as (sub)celebirdades: só e somente só uma FOFOQUEIRA!

gaúcho

- 2015-10-17 12:01:49

A globo, em decadência e

A globo, em decadência e situação pré-falimentar, resolveu aderir ao método veja de jornalismo e afunda cada vez mais. 

Somente o ódio pode explicar o comportamento obssessivo da empresa contra o PT, Lula e Dilma mesmo que essa conduta acelere o processo de desintegração da ex-toda poderosa rede globo.

gabi_lisboa

- 2015-10-17 11:45:19

O pior é o estrago da notinha fast food: 2% de aumento do dolar

A colunista da Veja deveria ser obrigada a, pelo menos, dar explicações pela sua irresponsabilidade. Hoje em dia, veja, folha e gibi da mônica estão no mesmo nível de veracidade, mas, surpreendentemente, parece que a maioria nem se importa.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador