Julgamento de direitos dos inadimplentes é adiado no TJ-SP

Jornal GGN – O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo adiou, nesta quarta-feira (11), o julgamento sobre a validade da lei que prevê que instituições devem informar ao consumidor a inclusão de seu nome em listas de serviço de proteção ao crédito, como o Serasa e o SPC.

Apesar do voto favorável de Marcio Bartoli, relator da ação, os desembargadores consideraram que precisam de mais tempo para avaliar a questão. Até o parecer do Tribunal, a lei continua valendo. Anteriormente, ela havia sido vetada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), depois o veto foi derrubado pela Assembleia Legislativa de São Paulo.

Com informações do Estadão

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Pois é.

    Será que os desembargadores já receberam alguma vez na vida e de chofre  a “grata” informação passada pelo banco deles, de que o SPC “fez restrições” na conta?

    E que se não pagar  “a dívida”, vai se ferrar?

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome