Lula e a TV Digital

O Ministério Público Federal decidiu cobrar explicações do governo Lula para o fato da escolha do padrão da TV digital não ter obedecido ao processo estipulado, de consultas públicas e estudos técnicos.

A resposta de Lula foi que o padrão escolhido – o japonês – é o que melhor atendia aos interesses nacionais, por permitir a implantação de uma fábrica de chips no país.

Não é verdade. A fábrica de chips foi mencionada apenas como álibi para a escolha – que obedeceu a propósitos políticos de agradar às emissoras de televisão, independentemente do padrão ser o melhor ou não. Tanto que até hoje não foram especificadas as exigências de contrapartida japonesa; nem os japoneses assinaram qualquer protocolo de compromisso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora