Modelos de crescimento

Enviado por: Rene Guedes

Nassif,

suas colocações são muito bem colocadas. Todos aqueles que trabalham com T.I sabem que hoje a Irlanda é um lugar natural de desenvolvimento e treinamento de tecnologias para grandes players como Ericsson, Nokia e Motorola.

Certamente a Irlanda foi favorecida por medidas de ajuste fiscal e também pelo cenário externo favorável. Mas o que os cabeções não falam é o acerto estratégico dos Irlandeses de entenderem o seu país num mundo – e numa Europa – cada vez mais globalizada. E, num país como a Irlanda, de baixo mercado Interno e poucos recursos naturais, a Tecnologia seria (o único??) o caminho natural para um desenvolvimento sustentável. É o que tenta fazer hoje Dubai, que entendeu que os petrodólares são finitos; e como fez Cingapura, nos anos 70-80.

Nassif, te pergunto. O Chile, menina dos olhos de vários economistas / Jornalistas brasileiros, não conseguiu desenvolver industria semelhante em seu país. No que pese o acerto de políticas de tempos atrás, o Chile ainda é um páis “quase” monocultural. A entrada abundante de dinheiro vinda do cobre, no seu ´momento de maior preço histórico nos mercados internacionais, de alguma maneira colocou o Chile numa espécie de cilada? Eu entendo que o crescimento daquele país está longe da perfeição, o que é fácil perceber pela alta concentração de renda, o que mostra uma economia centralizada em poucos atividades, e não abrangendo diversos setores/regiões do País.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora