Home Economia Negócios A capitalização da Oi

A capitalização da Oi

0

Do Globo

TELEFONIA

Capitalização da Oi será R$ 1 bi abaixo do previsto e enfraquecerá minoritários

Bruno Rosa e Mônica Tavares

RIO e BRASÍLIA – O aumento de capital da Oi (ex-Telemar) chegará no máximo a R$ 11 bilhões, de acordo com um executivo envolvido no negócio com os portugueses. O valor ficará R$ 1 bilhão abaixo do esperado pela companhia brasileira, que assinou na última quarta-feira acordo de intenções para vender parte de suas ações para a Portugal Telecom (PT) por até R$ 8,44 bilhões, em operação que será concluída até o fim do ano.

Segundo essa mesma fonte, os controladores da Oi – Andrade Gutierrez Telecom, de Sérgio Andrade, e La Fonte Telecom, de Carlos Jereissati, assim como os fundos de pensão e o BNDES – e a PT vão aplicar até R$ 10 bilhões. Já entre os minoritários estima-se que o valor investido ficará em no máximo R$ 1 bilhão. Com isso, os acionistas com pequena participação ficarão ainda menores.

– Os minoritários ficarão menores, e os atuais controladores da Oi terão maior participação. Nessa operação, os portugueses terão muito mais que os 23,5% das ações da Oi – disse essa fonte.

Segundo um executivo, o aumento de capital que os fundos de pensão e o BNDES terão de fazer juntos na Telemar Participações, holding que controla o Grupo Oi, para não perder fatia da empresa, é de cerca de R$ 1,5 bilhão. Trata-se do mesmo valor que a PT tem de pagar para ter 10% das ações na holding.

– Muita coisa ainda está sendo discutida. Mas os acionistas que venderem ações para a PT usarão esses recursos para a capitalização – observa a fonte.

Telebrás: obras já em outubro

Em outubro, devem começar as obras para implementar a internet em alta velocidade nas primeiras cem cidades previstas no Plano Nacional de Banda Larga, disse ontem o presidente da Telebrás, Rogério Santanna. Segundo ele, serão ser lançados para consulta pública, na segunda semana de agosto, os editais para contratar empresas que vão construir, operar e manter as redes de banda larga. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

GGN
Sair da versão mobile