Novo presidente do BB é alvo de críticas de conselheiros

Indicado por Jair Bolsonaro para substituir André Brandão, Fausto Ribeiro é considerado despreparado para ocupar o cargo e criticam processo de escolha

Fausto Ribeiro, indicado por Jair Bolsonaro para assumir o Banco do Brasil. Foto: Reprodução

Jornal GGN – Fausto Ribeiro, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para comandar o Banco do Brasil no lugar de André Brandão, foi alvo de críticas de quatro integrantes do Conselho de Administração da instituição financeira.

Hélio Magalhães, presidente do Conselho de Administração, José Guimarães Monforte, Luiz Serafim Spinola Santos e Paulo Roberto Evangelista de Lima afirmam que a escolha de Ribeiro não pode ficar restrita ao presidente da República, e sim ter o aval do Conselho. Magalhães e Monforte foram indicados pela União e Spinola e Lima, pelos acionistas minoritários.

De acordo com os conselheiros, o novo presidente “não percorreu ainda todas as etapas de funções gerenciais” considerados desejáveis para comandar a instituição financeira. Fausto Ribeiro foi escolhido para assumir a presidência do BB após comandar a BB Consórcios.

“Ao trazer à baila a Política de Indicação e Sucessão, observa-se que o ora indicado, sem qualquer demérito ao profissional e à sua carreira de 33 anos no BB, não percorreu ainda todas as etapas de funções gerenciais, o que não significa dizer que, ao vir a fazê-lo, não poderia se colocar em nível de prontidão para assunção de novos desafios futuros”, dizem. As informações são do jornal Correio Braziliense.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora