O câmbio e a crise do leite

Por Jose Ronaldo

O Brasil tem o melhor gado leiteiro adaptado aos trópico que é o Gir leiteiro. O programa nacional de melhoria do gir leiteiro que é uma parceria da embrapa com a ABCGIR, de melhoria da raça, tem obtido excelentes resultados com um gado altamente produtivo, rustico e resistente aos endo e ectoparasitas. O Gir é a raça em que temos mais exportado genetica, superior inclusive ao nelore. Exportamos semen, embriões e animais para varios países da América latina, Africa e Asia.

Mas como coloquei num post anterior, o maior problema atual da pecuaria leiteira é a grande importação de leite do Uruguai, a preços muito inferiores ao custo da produção nacional e isto devido principalmente ao cambio irreal praticado no Brasil.

Há inclusive informações que o Uruguai está fazendo triangulação de leite produzido na Europa e outros países com subsidios a exportação e direcionando esta produção ao Brasil.

Não há como o produtor brasileiro competir nesta situação de subsidios e cambio irreal. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome