O desastre econômico de Rui

Os comunicados do Ministério da Fazenda, de 1891, Ministro Tristão de Alencar Araripe, mostram que, no próprio ano de 1890, a política desastrosa de Rui Barbosa já tinha desmoralizado os “papelistas” (os que defendiam a emissão de moeda com lastro em títulos públicos). Ou seja, a obra econômica que marcou a história do país, segundo Gustavo Franco, não resistiu ao primeiro ano. Clique aqui e confira que já temos arquivos digitalizados de documentos históricos relevantes.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora