O INPE e a Amazônia

Enviado por: Paulo Roberto Martin

Oi Luis.

Venho acompanhando diariamente tua coluna através do Jornal Valeparaibano de SJCampos. Tua coluna sobre a ocupação da Amazônia do dia 14 de março faz menção à OTCA (Organização do Tratado de Cooperação Amazônica) e sua revitalização. Estamos aqui no INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) colaborando nos esforços de integração regional da Amazônia Sul Americana que tratamos tecnicamente de Panamazônia. Este trabalho pelo lado brasileiro é gerenciado pela Agência Brasileira de Cooperação-ABC em conjunto com o MMA. O trabalho do INPE denominado Projeto Panamazônia consiste em monitorar a ocupação da Amazônia Sul Americana pelo uso de imagens de satélite à semelhança dos métodos desenvolvidos para o Brasil. O trabalho está sendo feito em cooperação com outras agências especializadas da América do Sul. A capilarização do Projeto a nível regional está sendo realizada pela OTCA. Tivemos já um curso ministrado aos países vizinhos em outubro de 2006 em SJCampos e estamos para realizar nos próximos meses workshops na Bolívia, no Peru e na Venezuela. A idéia central do Projeto é a de montarmos um banco de dados onde a legenda mostre não apenas as figuras quantitativas do desflorestamento, mas também a distribuição espacial de outros temas como a Floresta, os cerrados, as áreas queimadas, a hidrologia, a floresta alterada, as rebrotas, a floresta secundária e as áreas agrícolas. Mapas preliminares e notas sobre o Panamazônia tu podes encontrar em: clique aqui.

Parabéns pelo ótimo conhecimento que tens trazido para nós leitores.

Paulo Roberto Martini

Gerente Projeto Panamazônia

INPE

Divisão de Sensoriamento Remoto

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora