Os resultados da balança comercial

Do Guia Financeiro

Balança comercial apresenta superávit de US$ 2,278 bilhões

Em relação a junho de 2009, montante apresenta queda de 50,5%

A balança comercial brasileira encerrou o mês de junho com um superávit de US$ 2,278 bilhões (média diária de US$ 108,5 milhões), segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Durante a quinta semana do mês – três dias úteis (28 a 30) -, o saldo comercial chegou a US$ 643 milhões (média diária de US$ 214 milhões), com exportações de US$ 2,401 bilhões (média diária de US$ 800 milhões) e importações de US$ 1,758 bilhão (média diária de US$ 586 milhões). A corrente de comércio alcançou US$ 4,159 bilhões (média diária de US$ 1,386 bilhão).

Já o resultado na quarta semana de junho ficou deficitário em US$ 150 milhões, com média diária de menos US$ 30 milhões. Em cinco dias úteis, a corrente de comércio alcançou US$ 7,450 bilhões (média diária de US$ 1,490 bilhão) – consequencia de exportações de US$ 3,650 bilhões (média diária de US$ 730 milhões) e importações de US$ 3,8 bilhões (média diária de US$ 760 milhões).

No No mês, as exportações brasileiras chegaram a US$ 17,095 bilhões (média diária de US$ 814 milhões), enquanto o volume importado foi de US$ 14,817 bilhões (média diária de US$ 705,6 milhões), gerando uma corrente de comércio de US$ 31,912 bilhões (média diária de US$ 1,519 bilhão). Em relação a junho do ano passado, na comparação pela média diária, as exportações aumentaram 18,2% e as importações, 50,2%, enquanto o saldo comercial diminuiu 50,5%.

No acumulado do ano (123 dias úteis), na comparação pela média diária, o saldo comercial foi positivo em US$ 7,887 bilhões (média diária de US$ 64,1 milhões), montante 43,7% menor ante o registrado no mesmo período do ano passado, que teve 122 dias úteis e superávit de US$ 13,907 bilhões (média diária de US$ 114 milhões).

Já as exportações e importações aumentaram na mesma comparação. No primeiro semestre de 2010, foram exportados US$ 89,189 bilhões (média diária de US$ 725,1 milhões), frente aos US$ 69,951 bilhões (média diária de US$ 573 milhões) do mesmo período de 2009, o que representa um crescimento de 26,5%. Nas importações, houve aumento de 43,9% na comparação com o primeiro semestre do ano passado, passando de US$ 56,044 bilhões (média diária de US$ 459 milhões) para US$ 81,302 bilhões (média diária de US$ 661 milhões), este ano.

Em consequencia, a corrente de comércio cresceu 34,2%, passando de US$ 125,995 bilhões (média diária de US$ 1,032 bilhão) para US$ 170,491 bilhões (média diária de US$ 1,386 bilhão), em 2010. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora