Os sócios do crescimento

Se a descoberta do crédito pelos bancos comerciais tornou-os sócios do desenvolvimento brasileiro, os grandes fabricantes de produtos de consumo perceberam o que a concentração de renda prejudica a expansão das suas vendas.

É mais um grupo que percebeu que, independentemente de quem seja o próximo presidente, sem políticas ativas de inclusão social os pobres morrem de fome. E quem não come, não consome.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora