Painel do dia

UE e China se reúnem para discutir comércio e investimentos

A União Europeia (UE) será a anfitriã de conversações de alto nível nesta semana com a China, para reforçar os laços comerciais e de investimentos, de modo a acelerar a recuperação da crise financeira global, disse a Comissão Europeia na quarta-feira. O diálogo econômico e comercial de alto nível nesta quinta-feira e sexta-feira irá reunir os principais formuladores de política da UE e China, incluindo Catherine Ashton – Comissária de Comércio da UE – e o vice-premier chinês Wang Qishan. “A saída para esta crise econômica não é nos fecharmos em nossas conchas. Precisamos dar a partida em nossas economias, combater o protecionismo e criar novas oportunidades para o comércio e investimento”, disse Ashton, em uma declaração antes da reunião.

Clique aqui


Testes de estresse serão divulgados nesta quinta-feira

Os resultados dos testes de estresse dos bancos foram pingando por dias, de Washington a Wall Street, e as quedas em bolsa parecem confirmar aquilo que muitos banqueiros sentiam nos ossos: apesar de todos os resgates, alguns dos maiores bancos do país ainda vão necessitar de mais dinheiro. Mas isso não significa necessariamente que eles irão recebê-lo do governo. As conclusões, que serão divulgadas nesta quinta-feira pela administração Obama, sugerem que o dinheiro do resgate que o Congresso já aprovou será suficiente para preencher as lacunas. Se isso ocorrer, os grandes salvamentos para os bancos poderão estar acabando.

Clique aqui


Risco de crédito cai nos EUA

O custo de proteção de inadimplência dos bônus corporativos caiu para o menor nível desde o colapso do banco Lehman Brothers, com a especulação de que os bancos retomarão os empréstimos, após resistirem ao teste de stress do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA). “A chave para qualquer recuperação sustentável é restaurar a confiança no setor bancário”, disse o chefe de investigação de crédito Gary Jenkins, do Evolution Securities, em Londres. “Se o resultado final dos testes de estresse é que (os bancos) conseguirão fazer isso (voltar a emprestar), então eles terão sido bem sucedidos”. Os mercados de crédito congelaram quando o Lehman declarou falência em setembro, enquanto os bancos retiveram dinheiro para se proteger contra perdas com dívidas de ativos tóxicos. O Secretário do Tesouro, Timothy Geithner, disse que os testes destinados a avaliar o capital bancário vão proporcionar um quadro “tranquilizador” do sistema bancário dos EUA.

Clique aqui


Reino Unido vai injetar mais 50 bilhões de libras na economia

O Banco de Inglaterra manteve a taxa básica de juro em 0,5%, e anunciou que vai injetar 50 bilhões de libras adicionais na economia britânica. Com pouco espaço para cortes de taxa, o Banco tem colocado dinheiro no sistema bancário através de uma flexibilização quantitativa. Esse processo envolve a eficiência do Banco em imprimir dinheiro para comprar títulos corporativos e governamentais. O governo gastou cerca de 54 bilhões de libras até agora, e está em vias de desembolsar mais 75 bilhões de libras em junho. Isso vai aumentar as despesas para 125 bilhões de libras.

Clique aqui


Lucro da Anheuser-Busch InBev aumenta com venda de unidade coreana

A Anheuser-Busch InBev disse, nesta quinta-feira, que conseguiu fazer o que seus rivais não fizeram no primeiro trimestre – vender mais cerveja – enquanto seu lucro quase duplicou, e a empresa chegou a um acordo para vender sua cervejaria coreana. A cervejaria, formada no ano passado pela aquisição da Anheuser-Busch pela InBev, disse que o lucro do primeiro trimestre subiu 92%, para US$ 716 milhões. O negócio empurrou as receitas em 71%, para US$ 8,2 bilhões, apesar de que o faturamento teria caído 7%, com a fusão das duas empresas no mesmo período do ano passado.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome