Painel internacional

Bernanke: Bolhas não são culpa do juro baixo nos EUA

Reuters

O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Ben Bernanke, rejeitou na quinta-feira a ideia de que as taxas de juro baixas dos EUA estavam ajudando a alimentar a especulação externa e potencialmente inflando perigosas bolhas de novos ativos. Respondendo a perguntas em sua audiência de confirmação no Comitê Bancário do Senado, Bernanke disse efetivamente que se outros países estavam preocupados com o caso, que era problema deles. “Não é responsabilidade dos Estados Unidos assegurar que não haja distorções nas economias de todo o mundo”, disse Bernanke. “Eu acho que é preciso ser entendido que a política monetária dos Estados Unidos se destina a tratar problemas tanto financeiros como econômicos nos Estados Unidos”. No início deste mês, um alto funcionário chinês acusou o compromisso do Fed de manter as taxas dos EUA baixas por um longo período, juntamente com o dólar fraco, de estar criando um “novo risco sistêmico” para a economia global.

Clique aqui

E mais:

A reforma da saúde pública dos EUA – Paul Krugman

Putin considera candidatura à presidência em 2012

BC alemão eleva previsões econômicas

Diálogo entre Reino Unido e França está suspenso


A reforma da saúde pública dos EUA

New York Times

Paul Krugman

A reforma do sistema de saúde está na balança. Seu destino repousa em um punhado de senadores “centristas” – os senadores que dizem estar muito preocupados se a legislação proposta é fiscalmente responsável. Mas se eles estão realmente preocupados com a responsabilidade fiscal, não deveriam ligar para o que vai acontecer se a reforma da saúde passar. Eles deveriam, pelo contrário, estar preocupados com o que aconteceria se ela não for aprovada. Pois a América não pode obter o controle do seu orçamento sem controlar os custos dos cuidados com a saúde – e essa é a nossa última e melhor chance de lidar com esses custos de forma racional. Alguns fundos de cena: as projeções orçamentárias de longo prazo para os Estados Unidos pintam um quadro sombrio. A menos que haja mudanças políticas importantes, as despesas vão crescer consistentemente mais rápidas do que as receitas, levando a uma crise da dívida. O que há por trás dessas projeções? Envelhecimento da população, que elevará o custo da Seguridade Social, é parte da história. Mas o principal impulsionador do déficit futuro é o constante aumento do custo dos programas sociais Medicare e Medicaid. Se os custos dos cuidados com a saúde aumentarem no futuro, como fizeram no passado, uma catástrofe fiscal é aguardada.

Clique aqui


Putin considera candidatura à presidência em 2012

Breaking News, World News and Taiwan News.

Em uma eletrizante performance solo de quatro horas ao vivo pela televisão, o primeiro-ministro Vladimir Putin disse que vai pensar se recupera a presidência – um dos sinais mais fortes de que ele pode disputar o principal cargo da Rússia em 2012. Putin, que também prometeu que a Rússia vai intensificar seus esforços contra o terrorismo, falou durante uma sessão de perguntas e respostas na televisão e no rádio que destacou seu domínio da cena política da Rússia. “Vou pensar sobre isso, ainda há muito tempo”, disse Putin, quando perguntado se ele concorreria à próxima eleição. “Espere sentado”, disse Putin a outra pessoa que perguntou se ele estava planejando deixar a política. Ele acrescentou que quer agora se concentrar em seu trabalho como primeiro-ministro e tomar decisões às vezes impopulares sem ter que levar em conta considerações eleitorais. Putin teve de se mudar para a sede do primeiro-ministro em 2008 após dois mandatos consecutivos na presidência, mas desde então o mandato presidencial foi dilatado para seis anos, e Putin está elegível para concorrer novamente em 2012.

Clique aqui


BC alemão eleva previsões econômicas

O Bundesbank (banco central da Alemanha) elevou suas previsões de crescimento para a Alemanha, maior economia da Europa, dizendo que as perspectivas para os próximos dois anos tem se “iluminado perceptivelmente”. O produto interno bruto aumentará 1,6% no próximo ano e 1,2% em 2011, depois de cair 4,9% este ano, disse o Bundesbank, de Frankfurt, baseado em suas perspectivas econômicas bienais de hoje. Em junho, previu que a economia deverá estagnar em 2010, depois de se contrair 6,2% em 2009. “As perspectivas para a economia alemã tem se abrilhantado sensivelmente nos últimos meses”, disse o Bundesbank. Enquanto a recuperação está sendo impulsionada pelo “extenso” estímulo monetário e fiscal, as exportações, o investimento empresarial e o consumo privado vão ganhar importância ao mesmo tempo em que essas medidas se reduzem, disse.

Clique aqui


Diálogo entre Reino Unido e França está suspenso

BBC NEWS

As conversas programadas para ocorrer na sexta-feira entre o primeiro-ministro britânico Gordon Brown e o presidente francês Nicolas Sarkozy foram canceladas. Eles poderiam ter ajudado a clarear o ar depois que o presidente Sarkozy disse que o Reino Unido foi o “grande perdedor” quando um francês começou o trabalho como regulador do sistema financeiro da União Europeia (UE). O ex-ministro das Relações Externas da França, Michel Barnier, foi nomeado comissário do mercado interno da União Europeia na semana passada. Isso o coloca no comando de uma radical reformulação da legislação bancária. A nomeação provocou receios na City, distrito financeiro de Londres, de que Michel Barnier atuaria contra as práticas de livre-mercado que se operam por lá.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora