Painel internacional

Mineradora Xstrata propõe fusão com Anglo American

Financial Times

A mineradora suíça Xstrata propôs uma “fusão entre iguais” com a sua rival Anglo American, em um movimento que poderia lançar uma outra onda de consolidação na indústria mineira internacional. A Xstrata, cujo valor de mercado agora está se aproximando da Anglo, depois de uma seqüência de aquisições na década passada, disse em uma declaração no domingo, que acreditava que uma concentração era “muito atraente” e permitiria “uma maior escala e flexibilidade financeira para financiar o crescimento futuro”. No entanto, a mineradora anglo-americana sediada em Londres disse, em nota, que as conversações estavam “em uma fase muito preliminar, e não há certeza de que qualquer transação vá ocorrer”.

Clique aqui



Fed estuda criar estatal para operações compromissadas

Reuters

O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) está considerando criar uma estatal para substituir os bancos de Wall Street que gerenciam operações compromissadas no mercado, noticiou o jornal britânico Financial Times na segunda-feira, citando pessoas familiarizadas com o assunto. A proposta é, em parte, motivada por preocupações de que a estrutura do mercado de compra com compromisso de revenda pode ter agravado a crise financeira que se seguiu ao colapso do Lehman Brothers, em setembro. Os funcionários do Fed planejam se reunir no próximo mês com os participantes do mercado para discutir as reformas, disse o jornal. O jornal citou que pessoas familiarizadas com a linha de atuação do Fed dizem que o banco central está estudando a criação de um mecanismo para substituir as câmaras de compensações privadas as maiores são as do JPMorgan Chase e Bank of New York Mellon que servem de intermediárias entre os tomadores e os emprestadores.
Clique aqui


Confiança empresarial alemã em alta

The Wall Street Journal

As empresas da Alemanha, maior economia da Europa, agora estão mais confiantes do que há sete meses, de acordo com uma pesquisa. O índice Ifo subiu pelo terceiro mês para os 85,9 em junho, vindo de 84,2 em maio – melhor do que muitos analistas esperavam. Isso confirma que a economia alemã está se “estabilizando gradualmente”, disse o instituto alemão de estatísticas Ifo. No entanto, o economista Klaus Abberger, do Ifo, disse que a Alemanha ainda não atingiu o ponto de virada para a recuperação. As taxas de juro da zona euro se situando em 1% seria o mais adequado para as condições econômicas, acrescentou. A economia alemã afundou 3,8% no primeiro trimestre, em função do mergulho nas exportações. E o ministro da economia alertou que uma contração adicional provavelmente vai ocorrer no segundo trimestre.

Clique aqui


Banco Mundial rebaixa previsão para economia mundial

O Banco Mundial previu na segunda-feira que a economia global vai encolher 2,9% este ano, uma queda mais profunda do que a contração de 1,7% prevista em março. O banco também alertou que os capitais internacionais para as nações em desenvolvimento vão continuar se abrandando, com queda de fluxo projetada para US$ 363 bilhões em 2009, a partir do pico de US$ 1,2 trilhão em 2007. Os países em desenvolvimento vão crescer 1,2% em 2009, afirmou o banco, abaixo dos 5,9% de 2008, e 8,1% de 2007. Excluindo China e Índia, espera-se que o produto interno bruto dos países em desenvolvimento se contraia 1,6%.

Clique aqui


Ações de bem estar social aumentam nos EUA

The Wall Street Journal

A implantação de políticas de bem estar social, que avançou lentamente nos Estados Unidos e têm diminuído em muitos países no início da recessão, agora está se expandindo pela primeira vez nos EUA desde que o presidente Bill Clinton (1993-2001) assinou uma legislação que se compromete a “encerrar a política de bem-estar como a conhecemos”, há mais de uma década atrás. Vinte e três dos 30 maiores estados norte-americanos, que representam mais de 88% da população total do país, vêem os processos de bem-estar em níveis acima de um ano atrás, de acordo com uma pesquisa realizada pelo periódico The Wall Street Journal e da Conferência Nacional de Legislaturas de Estado. Ao mesmo tempo em que cada vez mais pessoas recorrem às compensações de desemprego, muitos outros estão se voltando para o bem-estar social como uma solução imediata.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome