Painel internacional

FMI muda de posição e recomenda controles de capital

The Wall Street Journal

Economistas do Fundo Monetário Internacional (FMI), revertendo a antiga oposição do fundo sobre controles de capital, exortaram as nações em desenvolvimento a considerar o uso de impostos e de regulamentação para moderar o grande excesso de fluxos de capital para que não produzam bolhas de ativos financeiros e outras calamidades. Eles disseram que mercados emergentes com controles no lugar haviam se saído melhor do que outros na recessão global. A recomendação é o mais firme compromisso de controles de capital do FMI e uma inversão do conselho que deu às nações em desenvolvimento há apenas três anos. Há muito tempo o FMI defendeu o fluxo de capital desimpedido, como corolário do livre fluxo de comércio, para ajudar os países em desenvolvimento a prosperar. Mas a crise financeira global levou o fundo a repensar as crenças de longo prazo. Ele recentemente sugeriu que o mundo poderia estar melhor com um nível maior de inflação do que os banqueiros centrais estão agora mirando.

Clique aqui

E mais:

A valorização do yuan – Gordon Chang

Economistas defendem posição de Brown sobre déficit

Rússia reduz taxas para estimular crédito

Militares golpistas do Níger suspendem a Constituição


A valorização do yuan

Gordon Chang

Esta semana o economista chefe do Goldman Sachs previu que Pequim permitirá que sua moeda aumente de valor em até 5%. Jim O’Neill, em entrevista à Bloomberg, disse que após uma reavaliação, as autoridades chinesas poderiam permitir que o renminbi (yuan) negocie dentro de uma faixa mais larga ou contra uma cesta mais diversificada de moedas. “Tenho uma forte opinião de que eles estão perto de mudar a taxa de câmbio“, disse. “Algo está no forno. Pode acontecer a qualquer momento. Qualquer coisa pode acontecer, mas não aposte que Pequim está fazendo algo que poderia – e provavelmente iria – levar a uma aceleração repentina e posterior desaceleração da economia chinesa. Primeiro, precisamos de um pouco de suporte. Pequim tem geralmente atrelado sua moeda ao dólar norte-americano. Houve um momento de liberalização nesta década, com uma flutuação controlada que começou em julho de 2005. Essa experiência terminou três anos depois, em julho de 2008, com os líderes chineses começando a se preocupar com os efeitos da crise global no setor de exportação do país. Apesar da valorização de 21% em relação ao dólar nesse período de três anos, o yuan, como a moeda chinesa é informalmente conhecida, é considerado subavaliado em cerca de 25% a 40%.

Clique aqui


Economistas defendem posição de Brown sobre déficit

Os vencedores do Prêmio Nobel de Economia Joseph Stiglitz e Robert Solow estão entre os 67 economistas que apóiam o argumento do primeiro-ministro britânico Gordon Brown de que é muito cedo para começar a reduzir o déficit recorde do Reino Unido, em resposta a 20 economistas que atacaram sua posição no início desta semana. A sincronia e o ritmo de redução do déficit estão no centro da campanha para as eleições gerais que Brown deve convocar dentro de semanas. David Cameron, do Partido Conservador, redigiu uma carta em 14 de fevereiro que inclui entre os signatários quatro antigos formuladores de políticas do Bank of England (banco central britânico) apoiando a posição de que os cortes são necessários este ano, para manter a confiança dos mercados. Duas cartas publicadas no Financial Times hoje discordam (dessa posição). Os signatários da primeira incluem Solow, 85, famoso por seu trabalho em teoria do crescimento, e dois ex- vice-governadores do Bank of England. Ele adverte que “um forte choque” agora “seria positivamente perigoso “. A segunda carta, assinada por Stiglitz, 67, e professores de economia que incluem Robert Skidelsky, diz que aqueles que buscam “tranqüilizar os mercados” estão seguindo o conselho daquelescujos erros precipitaram a crise, em primeiro lugar.”

Clique aqui


Rússia reduz taxas para estimular crédito

O banco central da Rússia cortou sua taxa de juros pela 11 ª vez desde abril, depois que reduções anteriores terem se revelado insuficientes para estimular o crescimento dos empréstimos, deixando as empresas indispostas a aumentar os investimentos ou contratar (mais trabalhadores). O Bank Rossii (banco central da Rússia) cortou a taxa de refinanciamento em um quarto, para 8,5% e a taxa de redesconto de empréstimos do banco central de um a sete dias cairá de 7,75% para 7,5% a partir 24 de fevereiro, disse em uma declaração de hoje. A última vez que o banco baixou as taxas no mesmo montante foi em 25 de dezembro. A recuperação econômica da Rússia tem sido irregular, com a escassez de do crédito evitando uma repercussão duradoura. A demanda doméstica continua “instável” e abaixo dos níveis pré-crise, mesmo com a economia mostrando melhorias recentes na produção industrial e receitas disponíveis reais, disse hoje o banco central.

Clique aqui


Militares golpistas do Níger suspendem a Constituição

ELPAIS.COM

O presidente do Níger, Mamadou Tandja, e seus ministros estão sendo retidos por militares rebeldes que deram um golpe de Estado na terça-feira no país africano. A União Africana (UA) condenou o golpe de Estado, de acordo com o publicado no Le Figaro. Em uma declaração na televisão estatal, a junta militar que se autodenomina Supremo Conselho para a Restauração da Democracia (CSRD, na sigla em Inglês), impôs toque de recolher em todo o território e fechamentos de fronteira. Mais tarde, um porta-voz da CSRD, o coronel Goukoye Abdoulkarim, declarou, em mensagem lida na rádio pública, a suspensão da Constituição e dissolução de todas as instituições do Estado. Tudo começou ao meio-dia, quando o som de fogos e nuvens de fumaça saindo do palácio presidencial na capital do Níger, Niamey, suscitaram algumas preocupações na população. Segundo testemunhas, a troca de tiros com armas pesadas e metralhadoras começaram a ser ouvidas à uma hora, no horário local. Quatro horas depois do tiroteio ter cessado e a rádio estatal, que estava transmitindo sua programação regular, começou a difundir música militar, um sinal de sucesso do golpe. “O líder do golpe foi bem sucedido. Ele está sendo liderado pelo major Adamou Harouna“, disse uma fonte. Fontes policiais disseram que os agressores vieram de fora da cidade em veículos blindados. Enquanto isso, o presidente da Comissão da UA, Jean Ping, transmitiu em comunicado a sua “preocupação com o desenvolvimento da situação no Níger”. Ping está em contacto com o Presidente da CEDEAO (Comunidade Econômica dos Estados do Oeste Africano) e outros atores internacionais. O comunicado esclarece que a UA “condena consistentemente qualquer mudança inconstitucional” e apela por “um rápido retorno à ordem constitucional”.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome