Painel internacional

Confiança empresarial alemã sobe

O índice de sentimento empresarial alemão subiu em agosto, reforçando os indícios de que a maior economia da Europa está se recuperando lentamente de uma desaceleração acentuada. O índice de clima empresarial do Instituto Ifo de Munique subiu para 90,5 ante 87,4 em julho, e superou as expectativas de um aumento para 88,8. O indicador Ifo é composto por dois sub-índices, que medem as condições atuais e expectativas de negócios. O índice Ifo corrente de condições de negócios subiu de uma leitura de 84,4 em julho para 86,1 em agosto, avançando pelo segundo mês consecutivo. O índice de expectativas, que mede a confiança nas perspectivas para os próximos seis meses, saltou de 90,4 em julho para 95 em agosto.

Clique aqui


Exportações japonesas seguem em queda

BBC NEWS

As exportações japonesas escorregaram em julho na mais rápida taxa anual que junho, aumentando os receios de que os efeitos globais das medidas de estímulo estejam começando a declinar. As exportações do Japão caíram 36,5% no mês passado em comparação com julho de 2008, segundo o Ministério das Finanças. A desaceleração das vendas de carro para os EUA, Oriente Médio e Rússia foi responsabilizada pelo declínio, que se seguiu à queda de 35,7% de junho. O superávit comercial ainda subiu porque as importações caíram 40,8%, principalmente devido aos custos menores de energia.

Clique aqui


Comércio mundial volta a subir

The Wall Street Journal

Os volumes do comércio mundial cresceram em junho no ritmo mais rápido em quase um ano, outra indicação de que a economia mundial está saindo de sua crise mais grave desde a Grande Depressão. De acordo com dados compilados nesta quarta-feira pelo Escritório de Análise de Política Econômica da Holanda – também conhecida como a CPB – o aumento do volume de comércio subiu 2,5% em relação a maio, o maior aumento em um único mês desde julho de 2008.

Clique aqui


Calmaria garante emprego no Fed

The Wall Street Journal

O presidente dos EUA, Barack Obama, de pé em um ginásio da escola elementar em Martha’s Vineyard, nomeou Ben Bernanke para um segundo mandato como presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), o término de várias semanas de discussões cuidadosamente orquestradas e sigilosas entre o presidente e um punhado de assessores. “Ben abordou um sistema financeiro à beira do colapso com calma e sabedoria com ações ousadas e pensamento criativo, que ajudaram a frear a nossa queda livre econômica“, disse Obama, com o presidente do Fed de pé ao seu lado. Sua experimentação “ousada e persistente resgatou a nossa economia da beira do abismo”.

Clique aqui


Eliminando a ajuda financeira nos EUA

CNNMoney.com

Washington terá outra chance de eliminar o hábito de ajuda financeira esta semana, quando os reguladores definirem o destino de um subsídio que tem sido bom para os bancos menores. O conselho da Agência Federal de Garantia de Depósitos (FDIC, na sigla em inglês) vai se reunir nesta quarta-feira, e na agenda está o status do Programa de Garantia de Transações (TAG, na sigla em inglês), que prevê seguro federal ilimitado para contas correntes sem incidência de juros – aquelas usadas por empresas e governos para a folha de pagamento, por exemplo. O chamado programa TAG abrange cerca de US$ 700 bilhões em depósitos que de outra forma estariam sem cobertura. Para os bancos pequenos, o programa tem sido um grande impulso, dando-lhes acesso a financiamento barato, por meio de depósitos de baixo custo. O FDIC propôs ou encerrar o programa até o final do ano ou prorrogá-lo por seis meses, enquanto as taxas de impostos subiriam mais que o dobro para os bancos da rede.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome