Paulo Guedes e a mea culpa sobre a vacinação

Em entrevista, ministro da Economia afirma que o governo deveria estar comprando vacinas ‘desde a época do Mandetta’

Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, usou da mea culpa para falar sobre a questão da vacinação contra a covid-19, afirmando que a entrega não está atrasada apenas agora e que não faltaram recursos para combater a pandemia.

“No primeiro dia, (Luiz Henrique) Mandetta (ex-ministro da Saúde) saiu com R$ 5 bilhões no bolso. É desde aquela época que deveríamos estar comprando vacina, não é mesmo? O dinheiro estava lá”, disse Guedes, em entrevista à CNN Brasil.

Além de ter apontado a vacinação como algo essencial, Guedes que todos deveriam responder pela crise coletivamente. “Era possível ter sido mais rápido? Sim. Era possível que a mídia fosse mais construtiva? Era possível que os governadores ajudassem também? O dinheiro foi para os estados. Então, por que os leitos foram desativados? Pois todos nós achávamos que a pandemia estava indo embora.”

Guedes também deixou claro que o governo deve priorizar as privatizações dos Correios e da Eletrobras no curto e médio prazo. “Teremos outras (privatizações) também. O importante é que destravamos a pauta do Congresso.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora