PMI da Zona do Euro bate novo recorde e anima mercados

Jornal GGN – A zona do euro comemora o janeiro mais forte desde 2011 na indústria. O Índice de Gerentes de Compras (PMI) do bloco subiu para 54,0, superando leituras preliminares e os 52,7 de dezembro.

A última vez que a região europeia alcançou resultado parecido foi em maior de 2011, com números parecidos com os do último mês de 2013.

Novas encomendas, contratação de novos funcionários pela primeira vez em dois anos, a forte aceleração alemã e a retomada de membros periféricos contribuíram para os bons índices no primeiro mês deste ano. A única nota negativa foi mesmo a França, segunda maior economia do bloco do euro, mas ainda registrando contração e sendo um “peso” nos resultados finais.

O subíndice de produção, que entra no PMI composto cresceu de 54,9 em dezembro para 56,7 em janeiro. Com isso, o PMI da Alemanha saltou para máxima de 32 meses. Já a França, embora tenha subido para o maior nível em 23 meses, permaneceu abaixo da marca de 50.

A leitura do PMI acima de 50 pontos indica crescimento da atividade.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lionel Rupaud

- 2014-02-03 15:57:27

Esse número 54,0 para o PMI indica

uma forte expansão da carteira de pedidos/encomendas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador