Portugal barra venda da Vivo

Do Blog Radar Econômico

Estado português veta venda da Vivo para a Telefónica

Sílvio Guedes Crespo 

O Estado de Portugal vetou nesta quarta-feira, 30, a venda da operadora de telefonia móvel brasileira Vivo para a espanhola Telefónica.

A Portugal Telecom é dona de metade do controle da Vivo (o restante é da Telefónica). O governo local possui uma “golden share” na companhia portuguesa, que lhe permite vetar inclusive as decisões tomadas pela maior parte dos acionistas.

A imprensa portuguesa traz informações desencontradas sobre a votação. O Diário Económico afirma que 76% dos acionistas presentes da Assembleia Geral votaram a favor da Telefónica, enquanto o Jornal de Negócios diz que 73,91% o fizeram.

Ontem, a Telefónica aumentou sua proposta de 6,5 bilhões de euros para 7,15 bilhões de euros para convencer os acionistas da PT a vender a parte deles na Vivo.


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora