Poupança tem pior resultado para abril desde 1995

Captação negativa ao longo do ano chega a R$ 32,296 bilhões

Jornal GGN – A diferença entre saques e depósitos realizados na caderneta de poupança durante o mês de abril chegou a R$ 8,246 bilhões, segundo dados divulgados pelo Banco Central. Este foi o pior resultado para o mês desde o início da série histórica do BC, em 1995.

Os saques efetuados em abril somaram R$ 161,498 bilhões, superando os depósitos, que ficaram em a R$ 153,252 bilhões. O valor total nas contas ficou em R$ 640,487 bilhões. O volume dos rendimentos creditados nas cadernetas dos investidores alcançou R$ 4,127 bilhões.

No último mês, os saques superaram os depósitos em R$ 6,305 bilhões no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), enquanto na poupança rural foi sacado R$ 1,942 bilhão a mais do que a soma dos depósitos.

Ao longo do ano, a caderneta acumula captação negativa (mais retiradas que depósitos) de R$ 32,296 bilhões. O saldo negativo supera o registrado no primeiro quadrimestre do ano passado. No período, a poupança estava negativa em R$ 29,081 bilhões.

A caderneta tem registrado fuga de recursos desde janeiro de 2015, devido a fatores como o aumento de juros, que torna mais atrativas aplicações em fundos de investimento, e da perda de rentabilidade diante da inflação. Segundo o BC, a recessão econômica também contribui para a fuga de recursos – por causa da crise e do desemprego, os brasileiros têm menos sobra de dinheiro para aplicar na caderneta e precisam sacar mais recursos para pagar dívidas.

 

 

(Com Agência Brasil)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome